A importância do pré-natal

GINECOLOGIA

A importância do pré-natal

A gestação é um período marcado por transformações físicas e emocionais, por isto, tanto a gestante quanto o seu companheiro têm muitas dúvidas durante este período que antecede o nascimento. Todo casal que espera um bebê deve ter respostas às suas indagações. Quanto mais seguros sobre todo o processo que está por vir, melhor e mais tranquilo será o parto.

Vantagens do pré-natal:

• Permite identificar doenças que já estavam presentes no organismo, porém, evoluindo de forma silenciosa, como a hipertensão arterial, diabetes, doenças do coração, anemias, sífilis, etc. Seu diagnóstico permite medidas de tratamento que evitam maior prejuízo à mulher, não só durante a gestação, mas por toda sua vida;

• Atualiza e esclarece o calendário vacinal;

• Identifica precocemente a pré-eclâmpsia, que se caracteriza por elevação da pressão arterial, comprometimento da função renal e cerebral, ocasionando por ora, convulsões e coma;

• Detecta problemas fetais, como más formações. Algumas delas em fases iniciais permitem o tratamento intraútero que proporciona ao recém-nascido uma vida normal;

• Avalia ainda aspectos relativos à placenta, possibilitando tratamento adequado. Sua localização inadequada pode provocar graves hemorragias com sérios riscos maternos.

É através de um pré-natal bem realizado (consultas mensais, quinzenais ou semanal) associado a exames de imagem pontual e laboratoriais, que a relação médico-paciente se fortalece e faz com que o momento do parto ( independente da via de escolha) se torne especial. Tenha seu parto com segurança.

Matéria Por

Vanilla Citadini Zanette

Ginecologia e Obstetrícia

CRM/SC 15991 | RQE 12284 | Criciúma

Deixar Comentário