Tratando a causa das dores físicas e emocionais

Fisioterapia

Tratando a causa das dores físicas e emocionais

“Sou formada em fisioterapeuta e me especializei inicialmente em reabilitação de problemas da coluna vertebral. Depois de alguns anos de formada, tive o privilégio de conhecer uma técnica inovadora denominada MICROFISIOTERAPIA, que foi desenvolvida na França, a partir de 1982, pelos fisioterapeutas e osteopatas Daniel Grosjean e Patrice Benini, a qual teve como embasamento teórico inicial os estudos da embriologia, filogênese e ontogênese. Com as informações obtidas por estes estudos, elaboraram-se mapas corporais específicos (similares aos meridianos da Medicina Oriental) e desenvolveram-se gestos manuais específicos e suaves que permitiram identificar a causa primária de uma doença, ou disfunção, no intuito de saná-la. Além disso, também promove a prevenção de doenças, possibilitando o equilíbrio e a manutenção da saúde.

Os adeptos dessa terapia defendem a tese de que uma agressão primária deixa traços (cicatrizes) que atrapalham o funcionamento das células e tecidos, esses traços ficam guardados na memória celular ou tecidual, por conta de uma deficiência do sistema imunológico que não consegue eliminar o agressor. Assim, acreditam que muitas doenças e dores se devem a pequenas disfunções que se acumulam durante a nossa existência e terminam por enfraquecer o organismo. Essas disfunções podem ter como causa: frustrações, perdas, sentimentos de abandono, traumas que ocorrem desde a gestação, agressões (tóxica, química, física e emocional) e, até mesmo, memórias hereditárias.

A microfisioterapia, além de ajudar o corpo a eliminar essas cicatrizes, pode também ajudar a melhorar muitos estados de saúde, tratando o indivíduo como um todo. A microfisioterapia é indicada para qualquer idade, desde de recém-nascido até jovens ou pessoas em idade avançada, portadores ou não de deficiências, pois é uma técnica sem contraindicações, funcionando, tanto na causa primária de um sintoma, como também na sua prevenção.

“Fiquei tão encantada com os resultados obtidos com a microfisioterapia, a qual possibilitava encontrar a causa e ressignificar, para que o corpo entrasse no mecanismo de autocura, que busquei outras técnicas que pudessem complementar e acelerar o tratamento dos meus pacientes de uma forma global”. Assim sendo, utilizo diversas técnicas complementares, como o Psych-K, o qual reprograma as crenças limitantes fruto das memórias encontradas no corpo do paciente, a hipnose, a radiestesia, a qual equilibra o campo vibracional do paciente, a nova medicina germânica, que reconhece e ressignifica o trauma e a PNS (Postuterapia Neuro sensorial), a qual reprograma a postura através de técnicas manuais específicas, abordando desde o sistema músculoesquelético até o sistema emocional.

“E, para finalizar, complementando ainda mais os tratamentos, passei a utilizar também o QUANTEC, que é um aparelho inovador alemão de biocomunicação instrumental, possuidor de um banco de dados com centenas de terapias alternativas, as quais são, a distância, direcionadas aos pacientes por meio de frequências harmonizadoras. Dessa forma, tratando o paciente como um todo, muitos relatam, após os tratamentos realizados, que se sentem mais felizes e livres, por estarem mais próximos da sua essência”, conclui a Dra. Silvia Castelo Magalhães.

Para informações complementares acessar: www.microkinesitherapie.com www.my-quantec.cl/po/index.php https://repositorio.unesp.br/handle/11449/150971 Fonte: Fisioterapia Corpo e Mente - Salgado, A.S.I. (com adaptações.)

Ver perfil

Matéria Por

SILVIA CASTELO MAGALHÃES

Fisioterapeuta

CREFITO 64637-F | São José dos Campos

Deixar Comentário