Gluteoplastia

CIRURGIA PLÁSTICA

Gluteoplastia

A região glútea é muito valorizada na América Latina. A insatisfação com o tamanho e projeção das nádegas impacta diretamente a autoestima feminina. A herança genética, a idade e a falta de exercícios físicos podem tornar a região flácida e pouco projetada. A gluteoplastia consegue, por meio da inserção de próteses, remodelar os contornos da região e torná-la muito mais atraente. A prótese glútea é semelhante à prótese mamária, também preenchida por silicone, mas tem formato apropriado para as nádegas e um revestimento muito mais espesso para torná-la resistente aos impactos que a região recebe.

A única ressalva após a cirurgia é a proibição de injeções intramusculares na nádega; as demais atividades ficam preservadas. No ato cirúrgico, costuma-se utilizar a anestesia peridural associada à sedação. A prótese é colocada entre os músculos glúteos, o que torna o resultado natural e a presença da prótese imperceptível. Essa cirurgia pode ser associada a uma lipoescultura para um resultado estético ainda melhor. A cicatriz não é aparente, pois a incisão mais comum é no sulco entre as nádegas. Em cerca de 20 dias, a paciente está totalmente recuperada.

Ver perfil

Matéria Por

Ivens Nogara de Oliveira

Cirurgia Plástica

CRM/PR 34.416 | RQE 19630 | Paranavaí

Ver perfil

Matéria Por

Camila Maya Kunisawa

Cirurgia Plástica

CRM/PR 34.449 | RQE: 54354 | Paranavaí

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional