ESPECIAL CAPA

UMA HISTÓRIA DE 19 ANOS EM PARANAVAÍ E REGIÃO!

Janeiro do ano de 2000 foi o momento em que Dr. Carlos Fernandes Jr escolheu Paranavaí para viver e desenvolver seu trabalho como cirurgião plástico. Uma bela cidade com tendências ao desenvolvimento financeiro e também na área médica, já que havia um hospital em início de construção, foram os principais motivos para a escolha. Claro que o início não é fácil, principalmente para alguém que não tinha familiares e até naquele momento não conhecia muitas pessoas na cidade.

Mas, como ele mesmo diz, “é enfrentando as dificuldades que se vislumbra um profícuo futuro”, assim ele começou trabalhando como plantonista na Santa Casa e também no PA da cidade para sustento inicial de sua família, até que três meses depois realizou sua primeira cirurgia plástica estética na cidade, dando início a sua carreira de especialista em Paranavaí. Essa paciente é muito especial para o Dr. Carlos, pois ela confiou plenamente em sua capacidade, já que não havia nenhuma referência de seu trabalho na cidade, e além disso fez questão de demonstrar para todos a sua satisfação com os resultados obtidos (ela referia que mulheres iam até o seu local de trabalho e pediam para ver o resultado da cirurgia, o que prontamente era mostrado sem hesitação).

Isso provocou um aumento gradativo de pacientes a um ponto que em um ano de estada em Paranavaí ele só trabalhava na sua especialidade sem a necessidade de plantões. Por aproximadamente dez anos foi o único cirurgião plástico de Paranavaí, conseguindo com competência e destreza construir uma ótima imagem da plástica nesta cidade. Houve comprovação na área da estética demonstrado através do grande número de cirurgias e tratamentos complementares que até hoje são realizados em grande número, mas não nos esquecemos também da área reparadora, que também passou a ser desenvolvida na Santa Casa de Paranavaí, ou seja, queimaduras, reconstruções por traumas, tumores, grandes volumes mamários e aventais abdominais, entre outras, sendo realizadas pelo Dr. Carlos via sistema único de saúde (SUS),o que favoreceu toda a nossa região.

O respeito adquirido comprovou que a cidade era uma boa referência para plástica e isso fez com que viessem para cá outros profissionais da mesma especialidade e também conseguisse evitar o êxodo dos pacientes para outras cidades maiores e também fizesse o contrário, conseguisse trazer pacientes de grandes cidades, de localidades distantes e também até de fora do país. “Quando o paciente fica em Paranavaí todos aqui ganham, sem nenhuma exceção.” As cirurgias são realizadas na Santa Casa e também em sua clínica particular, dependendo da complexidade delas, desta forma sempre respeitando os riscos cirúrgicos e a proteção ao paciente.

Nunca existe a exposição das pacientes a riscos que não sejam os inerentes à cirurgia, principalmente por fatores de ganância profissional. “O dinheiro vai chegar até você como consequência de um bom trabalho desenvolvido. Não há necessidade de desesperar atrás dele...” Por esses motivos Dr. Carlos se tornou respeitado pelos colegas médicos sendo eleito presidente da sociedade médica de Paranavaí, ocupou um cargo de delegado do CRM desta cidade e também vários cargos em instituições filantrópicas durante todos estes anos, sempre com o intuito de auxílio ao próximo e engrandecimento da cidade que o acolheu.

Hoje ele ocupa o cargo de presidente de uma instituição justa e o cargo de diretor médico do centro cirúrgico da Santa Casa. “O Bem que fizermos ao próximo hoje sempre nos trará glórias no futuro!” Crente em Deus e fiel protetor da Família, não inicia nenhuma cirurgia sem pedir auxílio a Deus e aos anjos, pois acredita que sem isso não conseguiria êxito em seu trabalho. Procura sempre ser um bom exemplo para seus filhos, pois tem certeza que é assim que realmente se consegue formar grandes pessoas.

Ama seus filhos e também a sua esposa e agradece aos céus a possibilidade de tê-los como companheiros nesta caminhada, já que nada conseguiria sem a companhia e a paciência deles. Filho de um odontólogo e pecuarista e de uma professora, sempre teve contato com a vida rural. Gosta muito do convívio da fazenda e, sempre que pode, tira um tempo para matar a saudade e cuidar das criações, acabando com qualquer estresse que pudesse influenciá-lo no dia a dia. Além disso gosta muito também de carros antigos, sendo proprietário de alguns, e para também descansar a cabeça ele adora montar, desmontar e reformar, usando as suas próprias ferramentas.

“A gente tem que usar todos os dons que Deus nos deu. Se você consegue curar, reformar ou arrumar... porque não fazê-lo?” Sabe-se que uns 80% de sua vida é dedicada a cirurgia plástica. Para um resultado mais importante ele formou uma equipe de profissionais competentes e comprometidos com o seu trabalho. A Claudia, sua enfermeira e instrumentadora, tem ampla experiência na orientação e acompanhamento das pacientes, assim como a Jéssica e a Luciana (Loanda) que além de secretariarem as agendas também são craques em orientação destas pacientes.

A Jaqueline acompanha os pós-operatórios através das drenagens linfáticas e complementos para a garantia de resultados sempre melhores. Tem também a Glazi, a Jéssica e a Diana do centro cirúrgico da clínica, que mantêm aquele ambiente em extrema organização, funcionalidade e paz ajudando a dar alta qualidade e proteção aos procedimentos realizados naquele ambiente. E o Rogério que é o administrador da clínica e da vida do Dr. Carlos, já que para este último o tempo é muito restrito.

“Com essa equipe dou os meus passos confiando que sempre ao meu lado terei parceiros que me darão plena sustentação e equilíbrio. Sou grato a eles!”. No ensejo “... a verdadeira razão deste relato é demonstrar a todos que para uma pessoa se transformar em um profissional respeitado tem que ter tido uma base familiar forte, formação e especialização adequada, estrutura familiar fortalecida, oportunidade, equipe comprometida e competente, ser pessoa que respeita e valoriza o próximo, que valoriza principalmente a vida sabendo aproveitá-la mesmo que em curtos momentos e que principalmente creia e agradeça a Deus por tudo e por todos os momentos de sua vida...”.

“Agradeço a Deus pelos maravilhosos pais, irmãos e familiares, pela magnífica família que consegui formar com a minha esposa Cris, minha filha Bruna e meu filho João Pedro, pela minha competente equipe, pelos amigos, pelos colegas médicos e parceiros, pela capacidade de me tornar um homem de princípios, livre e de bons costumes e principalmente por me dar condições de poder valorizar e auxiliar ao próximo!” 

Ver perfil

Matéria Por

Carlos Fernandes Junior

Cirurgia Plástica

CRM/PR: 17985 e RQE 10881 | Paranavaí

Deixar Comentário

Outras MATÉRIAS