Dor nos joelhos

Quais são as causas da dor nos joelhos?

Os joelhos são a maior e uma das mais complexas articulações do corpo humano. As causas de dores nesses órgãos podem ser traumáticas e não traumáticas. As traumáticas, em geral, afetam os meniscos ou os ligamentos; as não traumáticas acometem a articulação como um todo. Muitas vezes, os joelhos doem em razão de uso excessivo deles, de preparo físico inadequado para uma determinada atividade física ou de condições e doenças que os atinja diretamente ou que repercutam sobre eles.

Entre as inumeráveis enfermidades que podem ser causa de dor nos joelhos, estão:

• Artrites.
• Artroses;
• Bursite;
• Gota;
• Distúrbios do tecido conjuntivo, tipo lúpus;
• Luxações;
• Lesões ou rupturas dos ligamentos ou dos meniscos;
• Tendinites;
• Entorses;
• Tumores;
• Entre outros.

Casos especiais de dor nos joelhos

Lesões dos meniscos ou ligamentos constituem casos especiais de dor no joelho por serem muito comuns nos que praticam atividades físicas, especialmente em desportistas. Os meniscos são estruturas cartilaginosas, que ficam dentro da articulação do joelho e fazem o acolchoamento entre o fêmur e a tíbia, diminuindo o impacto entre esses ossos. São dois em cada joelho: menisco medial e menisco lateral. Quando se rompem, em geral em razão de um movimento abrupto da perna, ocorrem dor intensa, inchaço da articulação e sensação de falseio da articulação. O tratamento dependerá da extensão da lesão, mas é comum que haja necessidade de cirurgia. Algumas vezes, as lesões dos meniscos podem ser degenerativas e nesses casos o tratamento deve ser fisioterápico. Os vários ligamentos existentes na articulação do joelho visam garantir um perfeito encaixe dos ossos e estruturas adjacentes e permitir a adequada movimentação deles. O ligamento cruzado anterior é o que mais comumente sofre lesões. Ele é o responsável pela estabilidade do joelho e sua ausência causa instabilidade ao órgão.

O tratamento das lesões dos ligamentos do joelho pode ser conservador, mas é comum que o médico opte pela intervenção cirúrgica, com o objetivo de melhorar os sintomas, restabelecer a estabilidade, permitir o retorno às atividades normais e prevenir a artrose do joelho.

Ver perfil

Matéria Por

Maurício Ernesto de Assis

Ortopedia e Traumatologia

CRM/TO 2980 | RQE 1141 | Palmas

Deixar Comentário

Outras MATÉRIAS