Ações educativas no pré natal e o entendimento sobre o processo de gerar

FISIOTERAPIA

Ações educativas no pré natal e o entendimento sobre o processo de gerar

A gestação é um evento saudável para a grande maioria das mulheres e estar grávida por si só já é um sinal de vitalidade. É oportuno que ainda antes que bebê nasça, no pré-natal, o casal esteja ciente do que está por vir, seja em relação à gestação, ao nascimento e ao pós-parto. Em uma assistência de pré-natal de qualidade é importante, entre outros aspectos, que o casal seja informado sobre todas as boas práticas na assistência ao nascimento para que possam utilizá-las quando chegar seu momento.

Informações dadas às grávidas no pré natal contribuirão para os cuidados futuros consigo e com o bebê, nesse contexto podemos destacar a importância da escuta e o vínculo familiar. O processo de preparar o casal grávido sobre a gravidez, parto e o pós- -parto (puerpério) é fundamental para que possam vivenciar esses momentos de maneira natural, informada e consciente. Estudos mostram que mesmo realizando as consultas do pré natal, não é incomum mulheres grávidas mostrarem insatisfação em relação às orientações recebidas sobre o parto, a amamentação e os cuidados com o recém-nascido, para esses assuntos torna-se necessário, na jornada gestacional, a participação, por exemplo, do casal em cursos, workshop, oficinas, palestras e grupos de apoio às gestantes, para a construção do saber e da condição de protagonistas conscientes no nascimento do seu filho, num modelo onde possam discutir e questionar de forma fundamentada, com diálogo e troca de saberes.

O Ministério da Saúde propõe ações educativas que incluem assuntos como: cuidados de higiene; realização de atividades físicas corporais; hábitos de vida saudável; o desenvolvimento da gestação e suas mudanças corporais e emocionais; sintomas comuns na gravidez e orientações para as queixas mais frequentes; sinais de alerta; incentivo, orientações, preparação para o parto e amamentação; cuidados no pós parto para a mulher e o recém nascido nos primeiros meses de vida entre outros temas. Deve- se levar em consideração também a demanda de interesse do casal sobre o tema, suas dúvidas e questionamentos.

A educação no pré-natal precisa ser valorizada entre os profissionais que assistem o casal grávido, já que os preparam para a experiência mais profunda e significativa de suas vidas, dar à luz é um evento onde a mulher adquire novas capacidades e possibilidades, a fortalece física e emocionalmente. Este é o verdadeiro diferencial da assistência humanizada, dar condições democráticas das escolhas mediante orientação, informações e embasamento com evidencias cientifica para proporcionar uma experiência positiva no nascimento.

Ver perfil

Matéria Por

TATIANA LATTANZI

Fisioterapeuta

COREN 139310/RJ | Macaé

Ver perfil

Matéria Por

LETÍCIA PIMENTEL ANDRADE

Fisioterapeuta

CREFITO 101940-F | Macaé

Deixar Comentário