A vida secreta das palavras

PSICOLOGIA

A vida secreta das palavras

Do balbucio às primeiras palavras, temos um longo caminho a percorrer! O que as pessoas não têm ideia, é o quanto esse caminho necessita de afeto até ganhar significado! Em todo o desenvolvimento humano, as comunicações entre mãe e bebê, ou entre o bebê e quem cuida, acontecem mesmo antes das palavras! Como por exemplo o olhar que lhe é dedicado, que lhe dá um lugar; o modo como é segurado, cuidado, compreendido; enfim, todo um conjunto de informações que são permeadas pelos afetos.

É a partir desta relação inicial que a criança desenvolve o seu mundo simbólico! Pode ser algo rico e complexo, como também, pobre e extremamente difícil; podendo evoluir para algo muito criativo, ou, para as patologias. Estamos o tempo todo aprendendo, conhecendo pessoas, expressões e modos de se comunicar. O que, nem sempre nos damos conta, é do quanto as palavras comunicam afetos, emoções!

Infelizmente, o uso excessivo de meios tecnológicos, vem modificando as relações! Nas mensagens, não é possível ouvir a entonação da voz daquele que expressa um pensamento, a expressão do rosto da pessoa que fala, tampouco o que a palavra usada pode simbolizar para aquele que me falou algo. As palavras são uma parte do que queremos comunicar!

O restante vem acompanhado daquilo que o corpo comunica, um gesto, um olhar, um aceno de cabeça, o volume e entonação da voz; enfim, o conjunto de expressões que dão vida às palavras! A atividade de contar histórias às crianças, é extremamente rica para o seu desenvolvimento; não apenas pelo conteúdo das histórias, que pode servir de estímulo para novas histórias, conversas, como também para aproximar as relações entre adultos e crianças.

Tornando os vínculos afetivos mais fortes e significativos Esse é um interesse natural na criança, quando estimulada e atendida nas suas necessidades, desde o início da vida. Crianças gostam de histórias, poesias, porque estimulam a fantasia, e isso amplia as possibilidades de pensar, refletir, desenvolver-se. As palavras, são o fio condutor dos vínculos afetivos!

Entender o significado das palavras, vai muito além da gramática e da ortografia, a vida secreta das palavras, se encontra naquilo que ela simboliza e na emoção que ela comunica! Será que, se voltássemos a iluminar as relações, dando um olhar diferenciado, dedicando tempo para os vínculos afetivos, não poderíamos descobrir a vida secreta das palavras, enriquecendo as relações e o nosso mundo interno?

Ver perfil

Matéria Por

MARIA BEATRIZ ZAMBON MONTANS

Psicólogo

CRP - 08/1526 | Londrina

Deixar Comentário