Cirurgia Plástica Ocular

OFTALMOLOGIA

Cirurgia Plástica Ocular

As pálpebras são essenciais para a saúde e proteção ocular, e quando sofrem alterações, interferem diretamente na qualidade de vida do paciente. A Plástica Ocular é uma subespecialidade dentro da Oftalmologia que estuda e trata de problemas nas pálpebras, vias lacrimais e órbita. As cirurgias das pálpebras podem ser reconstrutivas, como nos casos de tumores e de mau posicionamento palpebral (ptose, ectrópio, entrópio, lagoftalmo). Também podem ser estéticas, como na blefaroplastia. As pálpebras mostram sinais de envelhecimento mais precocemente que outras regiões da face. A cirurgia plástica das pálpebras tem como objetivo a melhora o contorno palpebral, reduzindo a flacidez, removendo o excesso de pele e bolsas de gordura, devolvendo um aspecto mais jovial ao rosto.

O médico especialista irá indicar a técnica cirúrgica mais adequada para cada caso, de acordo com as características e particularidades de cada paciente. São avaliados o tipo de pele, presença de rugas, excesso de pele e gordura, posicionamento das pálpe- -bras superiores e inferiores e grau de flacidez das pálpebras. Antes da cirurgia, recomenda-se um exame oftalmológico completo. Pacientes que apresentam alterações do filme lacrimal ou do fechamento palpebral precisam ser muito bem avaliados, pois irão necessitar de cuidados especiais para preservar a integridade ocular e, em alguns casos, uma cirurgia mais conservadora. As cicatrizes da blefaroplastia geralmente ficam bem discretas.

Na pálpebra superior, a cicatriz fica localizada no sulco palpebral, de forma que quando a pessoa abre os olhos a cicatriz fica inaparente. Na pálpebra inferior, fica rente aos cílios inferiores. A extensão lateral da cicatriz depende da quantidade de pele que o paciente apresenta na região lateral dos olhos. Não existe idade ideal para cirurgia, tudo depende da necessidade do paciente e da avaliação médica. A vantagem de se operar mais precocemente é que a cicatriz será menor e mais discreta. É uma cirurgia realizada sob anestesia local e sedação, e o paciente geralmente retorna para casa no mesmo dia, após um período de observação. Nos primeiros dias após a cirurgia é essencial fazer repouso. A recuperação costuma ser tranquila se as orientações forem seguidas adequadamente.

Ver perfil

Matéria Por

VANESSA MIROSKI GERENTE

Oftalmologia

CRM/SC 10420 | RQE 6792 | Florianópolis

Deixar Comentário