Dicas para cuidar do DNA e viver de forma mais saudável

MÉDICA

Dicas para cuidar do DNA e viver de forma mais saudável

Você já deve ter ouvido essa frase:

“Minha genética é ruim, por isso tenho ou terei certa doença (ex: obesidade, diabetes, câncer ou doenças cardíacas).

Esse raciocínio está relacionado ao fato de um histórico de muitos casos de uma determinada doença na mesma família.

Mas, a Epigenética explica que não somos reféns dos nossos genes, somos muito mais do que herdamos dos nossos pais.

Apenas 5% dos fatores que causam a maioria das doenças são genéticos, os outros 95% dependem do nosso estilo de vida, nossas escolhas.

Podemos usar o exemplo de 2 mulheres com a genética igualmente desfavorável para trombose, uma delas é sedentária, tabagista e usa pílula anticoncepcional (ACO), a outra pratica atividade física, não fuma e não usa ACO. A chance da primeira manifestar a doença é muito maior do que a segunda. Esse resultado é explicado pela Epigenética. (“EPI: acima / genética: estudo dos genes)

A expressão genética é influenciada por pensamentos, emoções, relacionamentos e meio ambiente que estamos inseridos, ou seja, nossos hábitos de vida tembém determinam a resposta do nosso DNA, deixando “marcas epigenéticas” positivas ou negativas, que poderão ser herdadas por gerações futuras.

Os cromossomos do nosso corpo são os locais onde estão armazenadas as informações do DNA e, estão localizados dentro do núcleo de todas as nossas células. Com o nosso envelhecimento, as pontinhas dos nossos cromossomos, chamadas de Telômeros começam a encurtar.

Pessoas que têm telômeros mais curtos têm mais doenças degerenativas e vivem menos, enquanto pessoas que têm telômeros mais longos, apresentam mais saúde e vivem mais.

A boa notícia é que podemos alongar nossos telômeros e cuidar melhor do nosso DNA através das dicas abaixo:

Ter pelo menos 7 horas de sono de qualidade

Atividade física e alongamentos (estar em movimento)

Meditação

Redução do estresse baseado na atenção plena (viver o presente)

Pensamentos positivos e resiliêntes frente ao stress

Praticar a Gratidão

Oração

 

Através de alguns alimentos e suplementos

Alimentos e Bebidas:

Fibras/ Grãos integrais

Vegetais, feijão, legumes

Frutas secas/ Nozes

Algas marinhas

Frutas

Ômega-3 (Salmão, Truta, Cavala e Sardinha)

Café/ Chá verde

 

Vitaminas:

Vitamina D3

Vitaminas do Complexo B (ácido fólico)

Vitamina C

Vitamina E

 

“Pessoas que concentram sua mente no que estão fazendo no momento presente apresentam telômeros mais compridos. O foco mental é uma habilidade que você pode cultivar”.

Um treino simples: Em alguns momentos do seu dia, fechar os olhos e focar a atenção apenas em inspirar e expirar. Faça isso durante alguns ciclos respiratórios e aproveite os benefícios!

Ver perfil

Matéria Por

Livia Sayuri F. Itikawa

Clínica Geral

CRM/RR: 1572 | Boa Vista

Deixar Comentário