EQUINISMO: Pé Equino! Meu filho anda na ponta dos pés e agora, o que fazer?

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

EQUINISMO: Pé Equino! Meu filho anda na ponta dos pés e agora, o que fazer?

Também conhecido por “Pés de Bailarina”, o andar de uma criança na ponta dos pés é motivo de muitas dúvidas dos pais.

O pé equino é uma condição associada à hipertonia do conjunto gastrocnémio-sóleo, sendo visualmente descrita pela dificuldade de realizar o movimento de dorsiflexão, ou seja, a capacidade de fletir o pé para a parte da frente da perna. O equino pode ocorrer em um ou ambos os pés, sendo que quando envolve os dois pés, a limitação do movimento é, por vezes, pior em um que no outro; São diversas as causas para o surgimento desta patologia, sendo estas traumáticas, congénitas, acidentes vasculares, doenças neuro-degenerativas, entre outras, contudo, a mais frequente é em casos de paralisia cerebral do tipo espástico, sendo a diminuição da força do tibial anterior e a discrepância entre os membros poderem acentuar essa tendência ao equinismo.

O tratamento inclui estratégias destinadas a aliviar os sintomas e as condições associadas com equino através das diversas opções, mas devem se complementar com a ajuda da fisioterapia para ajudar a liberar a rigidez muscular e realizar exercícios que esticam/ alongam o músculo. Faça um acompanhamento médico para averiguar se esta marcha é fisiológica e vai desaparecer ou se você deve começar a se preocupar.

Quanto maior a criança e maior a rigidez articular, maior a probabilidade de necessitar do tratamento cirúrgico.

Ver perfil

Matéria Por

Rodrigo Albertini

Ortopedia e Traumatologia

CRM/SP: 125690 RQE 69035 TEOT: 12112 | Birigui

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional