Implante Coclear

OTORRINOLARINGOLOGIA

Implante Coclear

Implante Coclear trata-se de um dispositivo implantável, cirurgicamente, no ouvido, que pode ser indicado para pessoas que possuem uma surdez de grau severo a profundo e que não apresentaram benefício com uso de aparelho de audição convencional. Os aparelhos convencionais captam o som e o amplificam. Porém, em alguns casos a perda auditiva é tão importante que somente a amplificação do som proporciona ao paciente pouca ou nenhuma melhora da audição. O implante atua transformando sons em estímulos elétricos e estimulando diretamente o nervo auditivo através de eletrodos que são colocados cirurgicamente dentro da cóclea (órgão do ouvido interno relacionado à audição).

O implante coclear possui uma parte externa e outra interna. A parte externa é composta pelo processador sonoro colocado atrás da orelha que é ligado à antena. O processador externo capta e digitaliza o som, e a antena transmite esse som para o receptor interno. O receptor interno é implantado abaixo da pele e se liga magneticamente à parte externa. Ele transforma o som digitalizado recebido em um sinal elétrico enviado para os feixes de eletrodos que estão implantados na cóclea. Desta forma, o nervo auditivo é estimulado e o cérebro recebe a informação sonora.

O implante coclear pode ser feito em pacientes, desde crianças até idosos, que possuam os critérios audiológicos citados anteriormente. Porém, como os resultados variam muito de paciente para paciente, devido a uma série de fatores, os possíveis candidatos ao implante coclear devem ser amplamente avaliados por uma equipe multidisciplinar composta por um otorrinolaringologista, fonoaudiólogo e psicólogo.

Matéria Por

Marcela Schmidt Cordeiro

Otorrinolaringologia

CRM/PR: 26141 RQE: 2895 | Apucarana

Deixar Comentário