Cirurgia Refrativa a Laser

OFTALMOLOGIA

Cirurgia Refrativa a Laser

Nos últimos anos, é grande a procura pela cirurgia refrativa por pacientes que gostariam de abandonar os óculos. No entanto, a cirurgia deve ser encarada com seriedade, sendo que o paciente é exposto não só à segurança da evolução da técnica, mas também aos eventuais riscos que a cirurgia envolve. O sucesso da cirurgia em míopes é alto, tendo maiores chances os pacientes adultos com refração estabilizada e olhos saudáveis. Cirurgia Refrativa é aquela que corrige erros de refração, ou seja, imperfeições que afetam a visão (miopia, hipermetropia e astigmatismo). Atualmente, a moderna cirurgia refrativa é realizada através de um equipamento (um sistema de laser) que emite um tipo específico de laser, o Excimer Laser. A correção da visão com laser é um procedimento cirúrgico fácil e virtualmente indolor que dura poucos minutos.

Antes da cirurgia

Inicialmente, são feitos exames pré-operatórios para ajudar a determinar se o olho está saudável e é adequado para o procedimento. O exame inclui um histórico clínico e ocular, além de uma avaliação completa de ambos os olhos.

Técnicas Cirúrgicas

PRK e LASIK

A técnica cirúrgica PRK começa com a remoção da camada exterior da córnea. O oftalmologista remove esta camada com uma pequena espátula ou com laser (no touch - sem tocar o olho). A técnica cirúrgica LASIK começa com a criação de um flap corneano feito com um microcerátomo ou laser. O laser removerá uma pequena quantidade de tecido da córnea. Você permanecerá sob o laser por alguns segundos. No total, a cirurgia leva pouco menos de 5 minutos para cada olho. Depois que a cirurgia com o laser terminar, o médico colocará algumas gotas de colírio no olho. Para sua proteção e conforto, ele cobrirá o olho com uma lente de contato terapêutica na cirurgia de PRK. Em alguns casos de LASIK, também coloca- se essa lente terapêutica no olho para ajudar a cicatrizar pequenas abrasões. A cirurgia é indolor, pois é aplicado o colírio anestésico, cujo efeito dura cerca de 45-60 minutos. Depois deste tempo, seus olhos podem ficar sensíveis por alguns dias. O oftalmologista prescreverá um colírio anti-inflamatório para facilitar sua recuperação.

Os primeiros dias após a cirurgia

Seus olhos podem ficar um pouco sensíveis à luz e alguns pacientes podem sentir algum desconforto. O uso de óculos escuros é uma alternativa para minimizar estes sintomas durante este período de um ou dois dias após a cirurgia. Em alguns casos, não ocorre qualquer tipo de efeito colateral porém, em outros, efeitos colaterais poderão vir a ocorrer e variam muito de paciente para paciente. Assim, discuta este assunto com seu oftalmologista.

Ver perfil

Matéria Por

MÁRCIO FLÁVIO M. BRASILEIRO

Oftalmologia

CRM/PR:21906 | RQE: 13583 | Umuarama

Ver perfil

Matéria Por

MARCUS VINÍCIUS M. BRASILEIRO

Oftalmologia

CRM/PR: 21950 | RQE: 13713 | Umuarama

Deixar Comentário