O que é Cranioestenose?

NEUROCIRURGIA

O que é Cranioestenose?

No nascimento, o crânio é composto de múltiplos ossos mantidos unidos por costuras chamadas suturas. As suturas devem permanecer abertas enquanto o cérebro continua a crescer, permitindo que o crânio expanda e acomode adequadamente o cérebro em crescimento. A Cranioestenose é uma anomalia congênita causada pelo fechamento precoce de uma ou mais dessas suturas, resultando em deformidade do crânio. A Cranioestenose também é chamada sinostose ou estenose do crânio. Em casos raros, em adição a forma da cabeça anormal, cranioestenose pode resultar no aumento da pressão no interior do crânio. Oitenta a noventa por cento dos casos de cranioestenose envolve uma única sutura, no entanto cranioestenose associada a uma síndrome genética pode envolver múltiplas suturas. Nem todos os casos de múltiplos sinostoses estão associados com uma síndrome genética.

Tipos de Cranioestenoses

Sinostose Metópica - A sutura metópica está localizada entre a fontanela anterior e o nariz. O fechamento precoce desta sutura resulta em trigonoencefalia, ou uma cabeça em forma triangular. Os bebês, muitas vezes, têm uma crista proeminente no meio da testa, uma testa em ponta, e olhos que parecem muito juntos.

Sinostose Sagital - Este é o tipo mais comum de cranioestenose. A sutura sagital está localizada entre a fontanela anterior e a posterior. O fechamento precoce desta sutura resulta em escafocefalia, que significa literalmente cabeça em forma de barco. Os bebês, muitas vezes, têm uma testa saliente, uma cabeça alongada e uma protuberância óssea na parte de trás do crânio.

Sinostose Coronal - A Sinostose coronal pode ocorrer em ambos os lados, ou pode ser bilateral. A criança terá uma elevação da cavidade ocular, achatamento da órbita e deslocamento do nariz no lado afetado.

Sinostose Lambdóide - Sinostose lambdóide é rara e é comumente confundida com plagiocefalia posicional. Pode ocorrer em ambos os lados ou podem ser bilateral.

Quais são os sinais e sintomas de cranioestenoses comuns?

O sinal mais comum de Cranioestenose é uma forma da cabeça anormal. Estudo do crânio de rotina com raios-x e tomografia computadorizada não são recomendados, como a maioria dos casos pode ser diagnosticada por um neurocirurgião com base apenas no exame físico. Os sintomas são raros, mas em alguns casos pode ocorrer dores de cabeça devido ao aumento da pressão intracraniana.

Qual é o tratamento para cranioestenose?

A maioria dos recém-nascidos com Cranioestenose vão precisar de cirurgia para reparar sua deformidade do crânio. Crianças com sinostose leve podem não precisar de cirurgia. Existem procedimentos cirúrgicos específicos para cada tipo de deformidade no crânio. Na reconstrução cirúrgica é feita uma incisão no topo da cabeça que é executada a partir de uma orelha à outra. Geralmente não é necessário raspar o cabelo para este procedimento. O anormal do osso é retirado e remodelado para criar uma cabeça aparecendo normal. O osso é colocado de volta no lugar com parafusos e placas que se dissolve em 12 a 18 meses. Um pequeno dreno é deixado no local por vários dias. A maioria dos pacientes terá inchaço do olho que vai resolver em 5 a 7 dias. A maioria dos pacientes vai permanecer de 3 a 5 dias no hospital. As crianças com uma síndrome genética, como Apert´s ou Síndrome Crouzon´s, precisam consultar um geneticista.

Ver perfil

Matéria Por

André Nesi

Neurocirurgia

CRM/SC 15764 | RQE 8934 | Criciúma

Ver perfil

Matéria Por

Carlos Fernando dos Santos Moreira

Neurocirurgia

CRM/SC 15507 | RQE 12403 | Criciúma

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional