Gestante pode fazer exercício físico?

EDUCAÇÃO FÍSICA

Gestante pode fazer exercício físico?

“A gestante não só pode como deve fazer exercício físico”, alerta Elielcio, proprietário da Elielcio Academia e profissional de educação física especialista em exercício físico para gestante. “Além de não haver relatos de riscos, os benefícios são diversos: desde a manutenção do peso até a um melhor controle da glicemia e da pressão arterial”, explica o profissional. Com três aulas semanais de musculação, por exemplo, é possível evitar o diabetes gestacional, e, consequentemente, a chance da criança ser obesa e diabética no futuro. Elielcio, que já acompanhou várias gestantes, relata que a fraqueza muscular é outra preocupação constante, especialmente na lombar, o que pode levar a dores, dificuldades posturais e impedimentos nas atividades simples do dia a dia.

Nesse sentido, a pesquisa de O’Connor et al (2011), descrita em Gentil (2018) , mostrou que 12 semanas de musculação, feitas 02 vezes por semana, levam a ganhos médios de 41% na força e 14% na resistência dos extensores lombares, diminuindo as famosas “dores nas costas”. Em sua academia, Elielcio disponibiliza treinos para a gestante desde o primeiro mês de gestação, ou assim que há liberação médica. A gestante é acompanhada de perto por um profissional de educação física que a orienta durante todo o treino, garantindo conforto e segurança. Para esse público, as opções de exercícios físicos são: musculação, hidroginástica e natação. Além disso, a sensação de indisposição e cansaço, tão comuns durante a gravidez, pode ser amenizada e eliminada com a prática regular de exercício físico, aumentando a energia física e a disposição mental da mamãe.

Ou seja, gestante fisicamente ativa e seu bebê possuem menores índices de depressão, obesidade, diabetes e maior desempenho cognitivo. Porém, alguns cuidados devem ser tomados com relação ao fluxo sanguíneo, por exemplo, evitar ficar muito tempo na mesma posição, e também é bom ficar atento para grandes elevações de frequência cardíaca (>90% máxima) e de temperatura. Por isso, cuidado com a hora do dia, o local, a hidratação e as roupas, que devem ser leves e confortáveis.

Ver perfil

Matéria Por

JOSÉ ELIELCIO NOVAGA

Profissional de Educação Física

CREF. 0628 MT | Rondonópolis

Deixar Comentário