Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

NEUROPEDIATRIA

Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico de caráter genético que surge na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietação e impulsividade. A prevalência está em cerca de 5% das crianças e adolescentes e 2,5% dos adultos do mundo todo. Os portadores de TDAH são tidos como pessoas “distraídas”, “desorganizadas”, “estabanadas”, “ansiosas” e “agitadas”, além disso, apresentam falhas na memória de curto prazo ou memória operacional e frequentemente não terminam suas atividades escolares e domiciliares.

Os meninos tendem a ter mais sintomas de hiperatividade e impulsividade que as meninas, mas todos são desatentos. Tais sintomas geram dificuldades na escola e no relacionamento com demais crianças, pais e professores, comprometendo o desenvolvimento intelectual e social da criança. Destaca-se a importância da criança com a suspeita de TDAH ser avaliada por um médico neuropediatra ou psiquiatra infantil, no intuito do diagnóstico e tratamento precoce, visto ser um quadro que pode ser revertido e o portador ter uma vida normal.

Ver perfil

Matéria Por

Glenia Arantes Maia

Neurologia Pediátrica

CRM/GO 17573 RQE 11999 | Rio Verde

Deixar Comentário