Queda dos cabelos: preocupação de Homens e Mulheres

DERMATOLOGIA

Queda dos cabelos: preocupação de Homens e Mulheres

A atenção aos cabelos vai muito além da questão meramente estética, é questão de saúde, tanto física como emocional, atingindo a autoestima, tendo impacto nas relações sociais e profissionais. Diante disso, uma das queixas mais frequentes no consultório é a queda capilar e, por isso, tem crescido nos últimos anos a procura por tratamentos.

Devido a essa demanda, é crescente em todo o mundo o número de pesquisas e descobertas de novos protocolos de tratamentos médicos nessa área. A tricologia (especialidade médica) consiste no estudo dos fios de cabelo, o couro cabeludo e os pelos. Ela abrange o diagnóstico e tratamento de diversos distúrbios que afetam tais estruturas, como a queda e quebra dos fios, infecções, inflamações e outras doenças do couro cabeludo. Uma queixa de queda de cabelo poder ser uma manifestação secundária de doenças sistêmicas, como alterações na tireoide, doenças reumatológicas, deficiência de vitaminas, anemia, entre outras.

Dentre as queixas, a mais comum é a calvície, que pode acometer homens e mulheres. A alopecia androgenética (também conhecida por calvície) é um problema que pode levar à perda total ou parcial dos cabelos. A doença é desencadeada por fatores de ordem genética, hormonal e está associada ao excesso de hormônios andrógenos (masculinos). Nas mulheres, ocorre por diversas alterações hormonais ao longo da vida.

Além do fator genético, a calvície também pode ocorrer devido a deficiências nutricionais (principalmente de ferro, zinco e vitamina D), alterações hormonais e tratamentos químicos. O tratamento de queda capilar pode ser feito por via oral, por tópicos, por meio de luz, laser e com medicamentos injetáveis, para o estímulo do crescimento dos fios. Porém, é importante a realização de uma avaliação individualizada, o diagnóstico correto da causa, bem como a associação de medidas terapêuticas adequadas. Diante dos primeiros sintomas, procure um especialista!

Ver perfil

Matéria Por

Leiliane Moura Matos

Médica

CRM/MT 7031 | Rondonópolis

Deixar Comentário