Ortodontia em adultos: MINI-IMPLANTES

ODONTOLOGIA

Ortodontia em adultos: MINI-IMPLANTES

A ortodontia passou de uma realidade somente para crianças e adolescentes para uma especialidade procurada também por pacientes adultos e idosos. Com a chegada desses pacientes nos consultórios, os ortodontistas se depararam com novos desafios. São pacientes que muitas vezes foram mutilados e perderam dentes em uma idade muito precoce e agora querem fechar ou preencher estes espaços. Geralmente, o paciente procura primeiramente um implantodontista o qual, em alguns casos, vê-se impossibilitado de colocar o implante porque não há espaço suficiente, já que o dente ao lado se movimentou e está “deitado” diminuindo o espaço; ou o dente superior extruiu, “cresceu”, e está mais alto dos que os outros.

Então o paciente é encaminhado a um ortodontista que avalia o caso, podendo, através do uso de aparelhos ortodônticos, corrigir a posição desses dentes, gerando espaço adequado para o implante; ou, em alguns casos específicos, até mesmo fechar totalmente o espaço dispensando o uso de implante no final do tratamento. Para alguns casos, há a necessidade de uso de mini-implantes ou miniparafusos que são pequenos dispositivos inseridos ao osso que permitem movimentações dentárias maiores e/ou uma ancoragem absoluta. Os mini-implantes são dispositivos de baixo custo, de simples colocação e remoção e de dimensão reduzida. Podendo ser utilizados também em casos onde o paciente não perdeu nenhum dente, mas que necessita de um movimento ortodôntico com maior controle.

O paciente deve estar ciente de que este dispositivo vai ser instalado e utilizado durante o tratamento ortodôntico, diminuindo o tempo de tratamento e a necessidade de colaboração do paciente, mas que, ao final do tratamento, ele será removido. Os mini-implantes levam este nome, mas não devem ser confundidos com os implantes dentários. Além de terem tamanhos diferentes, têm funções diferentes: os mini-implantes são usados pelos ortodontistas para movimentações dentárias e os implantes, junto com a prótese, substituem o dente perdido.

Ver perfil

Matéria Por

GUSTAVO CHARAFEDDINE BULAMAH

Cirurgia Odontológica

CRO/MT 7693 | Rondonópolis

Deixar Comentário