Tratamento da Dor por Ondas de Choque Extracorpóreas

Tratamento da Dor por Ondas de Choque Extracorpóreas

O tratamento da dor por Ondas de Choque Extracorpóreas é realizado através de agente físico (ondas acústicomecânicas especiais e não choques elétricos) que proporciona melhora da dor, melhora da circulação sanguínea e estímulo à regeneração celular. O procedimento não é invasivo e quando realizado de forma adequada, é bem tolerado, eficiente e seguro.

Objetiva-se a reabilitação ao solucionar dores crônicas ou recorrentes por vezes incapacitantes e permitir a restauração da função plena para as atividades físicas.

Faixas de energia para tratamento por Ondas de Choque Extracorpóreas.

Pode-se considerar o tratamento por Ondas de Choque Extracorpóreas no paciente que apresenta:
• Tendinites / Tendinopatias;
• Fasciíte plantar com ou sem esporão calcâneo;
• Epicondilite / Epicondilopatia;
• Bursite trocantérica / Síndrome trocantérica;
• Síndrome dolorosa miofascial;
• Retardo de consolidação óssea;
• Fraturas por estresse;
• Osteoartrose.

Procedimento:

O tratamento é realizado em consultório médico.

A aplicação das ondas é feita sobre a pele e a intensidade é gradualmente aumentada de acordo com a tolerância do paciente.

Após a sessão, recomenda-se não realizar esforço físico. Pode haver desconforto geralmente limitado às 48 horas subsequentes ao procedimento.

A melhora pode ser observada após a primeira sessão, contudo para o tratamento da dor, recomenda-se inicialmente no mínimo 3 sessões com intervalo de aproximadamente 1 semana entre elas.

Ver perfil

Matéria Por

Anderson Yoshihide Nakama

Fisioterapeuta

CRM/SP 129968 - RQE 35697 | Presidente Prudente

Deixar Comentário