Outros usos da Toxina Botulínica além das rugas

O botox para uso estético é indicado para suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto. Entre as linhas tratadas estão as rugas da testa, a glabela (espaço entre as sobrancelhas) e, os pés de galinha, rugas que se formam na região dos olhos. Para sulcos ao redor dos lábios, entre eles o famoso bigode chinês o mais recomendado é o preenchimento facial, pois é uma região de bastante movimento e traz resultados melhores.

A principal motivação para este tratamento estético é o incômodo gerado pelas rugas ao paciente. Em comparação com cremes para rugas e linhas de expressão, o botox costuma trazer resultados mais visíveis. No entanto, a indicação do botox depende de avaliação médica individualizada.

A toxina botulínica é muito conhecida e já consagrada para o tratamento de linhas de expessão, entretanto, ela é também usada para outros fins.

Entre os tratamentos autorizados no Brasil pela Anvisa, está o de rugas, distonia, estrabismo, blefaroespasmo (espasmo da pálpebra), espasmo hemificial (contrações involuntárias dos músculos da face), rigidez muscular, hiperidrose (suor excessivo), bexiga hiperativa e até mesmo dor de cabeça crônica. Há ainda o uso da toxina botulínica por dentistas para fins terapêuticos, mas nesse caso não há aprovação em bula, então a responsabilidade do tratamento é exclusiva do médico.

Assim como o tratamento para linhas de expressão, a toxina não fica para sempre no organismo - com o tempo, o corpo vai degradando a substância até que ela suma.

No entanto, esse período depende do quanto é aplicado e também do metabolismo de cada um. No caso de hiperidrose axilar, palmar e plantar, que é uma transpiração excessiva que atrapalha o dia a dia do paciente, a toxina também pode ser usada como tratamento.

Esse tipo de tratamento tem a vantagem de trazer resultados rápidos, em média de 3 a 5 dias, pode durar até 9 meses, dependendo do grau do problema do paciente e há uma melhora do quadro a cada aplicação. O tratamento consiste em utilizar as propriedades paralisantes da toxina para travar as glândulas sudoríparas excretoras do suor excessivo. Apesar de ser uma solução temporária, não é doloroso, não há efeitos colaterais e não há risco de compensação, ou seja, o suor começar a aparecer em outra parte do corpo, como pode ocorrer na simpatectomia.

Ver perfil

Matéria Por

Claudia C. M. Oliveira

Dermatologia

CRM 120619 | Presidente Prudente

Deixar Comentário

Outras MATÉRIAS