Mamoplastia com prótese de silicone

CIRURGIA PLÁSTICA

Mamoplastia com prótese de silicone

A feminilidade e a autoestima da mulher é muito importante para o seu bem-estar. Durante entrevista concedida à Revista, o especialista Alexandre Engell, que é Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, fala tudo sobre essa técnica que está entre as mais procuradas nos consultórios de cirurgia plástica em todo o Brasil. As mamas são um atributo da feminilidade, parâmetro de beleza e instrumento de sedução para as mulheres. E graças ao progresso da medicina já existem procedimentos para aumentar, reduzir, levantar, reconstruir e dar formas às mamas. Hoje em dia, são realizadas também, muitas cirurgias plásticas associadas, como por exemplo, mamoplastia com prótese e lipoaspiração. De acordo com o cirurgião plástico Alexandre Engell, existem diversas técnicas para cada tipo de imperfeição e a escolha da técnica ideal só será possível após a avaliação do paciente.

Quando é indicada a mamoplastia com prótese de silicone?

A mamoplastia com a colocação da prótese de silicone, geralmente é indicada para pacientes com mamas pequenas ou que após a amamentação apresentaram grande redução de volume mamário, com ou sem ptose (queda da mama) importante. “A cirurgia plástica da mama além da função estética com maior volume e consistência das mamas, melhora consideravelmente a autoestima da paciente.” Ressalta o cirurgião plástico Alexandre Engell.

Quais as vias de incisão para introdução da prótese de silicone?

A introdução da prótese de silicone pode se dar por meio de três tipos de acessos: via periareolar, via axilar ou inframamária. O tipo de via de acesso com incisão para introdução da prótese será definida levando em consideração alguns fatores como, tamanho da prótese, tamanho da aréola e existência ou não de flacidez. “Somente após avaliar a paciente será possível definir a via de acesso ideal para cada caso em particular.” Afirma Dr. Alexandre Engell, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Qual o tipo de prótese é a ideal?

Há vários tipos e modelos de próteses de mama, cada uma com uma indicação dependendo do tipo de mama da paciente e do plano a ser colocado (subglandular ou submuscular). “O tipo de prótese a ser escolhida também vai depender das características anatômicas do tórax e da mama de cada paciente, assim como do volume mamário pré existente. “ Afirma o especialista.

Colo mais marcado ou natural?

O local de colocação da prótese de silicone e o formato e projeção da mesma, influenciam diretamente no resultado final. Ou seja, para prótese introduzida por cima do musculo (subglandular), permite uma maior projeção dos seios e o resultado é um colo mais marcado. Já a introdução da prótese abaixo do músculo (submuscular), promove um resultado mais natural. A definição do local onde a prótese vai ser inserida também varia de acordo com cada paciente, e serão levadas em consideração suas características únicas. “Uma paciente mais magra e com a pele mais fina, geralmente terá indicação para a introdução da prótese abaixo do músculo. “ Afirma o especialista.

Como é o pós-operatório de uma mamoplastia com prótese de silicone?

Como em qualquer cirurgia, é essencial que o paciente siga as orientações dos cuidados durante o pós-operatório. Algumas recomendações que indico é um repouso relativo de movimentos dos braços, principalmente nas primeiras três semanas, e o retorno às atividades diárias é recomendado somente após 20 dias dependendo de cada caso em particular. Outra orientação é para que a paciente em hipótese alguma pegue peso durante a recuperação, por essa razão é importante o apoio familiar nas tarefas domésticas. “Se a paciente seguir corretamente as recomendações, terá uma boa cicatrização e um resultado final mais satisfatório.” Afirma o cirurgião plástico Alexandre Engell. “A técnica de mamoplastia com prótese de silicone, quando bem indicada, proporciona um resultado extremamente satisfatório para a paciente, aumentando sua autoestima e bem-estar. A escolha do cirurgião plástico e do local a ser realizado o procedimento, é muito importante para que a paciente realize sua cirurgia plástica em segurança. Uma dica é sempre buscar informações nos órgãos competentes, como no Conselho Regional de Medicina (CRM) e Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Lembrando que somente um cirurgião plástico está apto realizar esse tipo de procedimento. “ Finaliza o cirurgião plástico Alexandre Engell.

Ver perfil

Matéria Por

Alexandre Engell Santos

Cirurgia Plástica

CRM/RO 2342 | RQE 6118 | Porto Velho

Deixar Comentário