Dr. Paulo José Filho coloca Porto Velho na vanguarda do Implante Capilar

DERMATOLOGIA

Dr. Paulo José Filho coloca Porto Velho na vanguarda do Implante Capilar

Nas últimas décadas, temos observado uma revolução nos resultados cirúrgicos para o combate à calvície, cientificamente denominada Alopecia, que ocorre em consequência de um ou vários fatores, podendo esses ser genéticos, fisiológicos ou emocionais. Além do Brasil, Canadá, Estados Unidos, Europa e Austrália são referência no assunto. E, desde 2015, através do renomado cirurgião dermatológico, Dr. Paulo José Filho, o Estado de Rondônia passou a figurar no polo das regiões assistidas com avançadas técnicas no tratamento contra a calvície. Dr. Paulo José Filho, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), é especializado em Cirurgia de Transplante Capilar, trabalha com uma equipe altamente experiente, que prima pela excelência de seus resultados. Utiliza-se da técnica cirúrgica FUE (Extração de Unidades Foliculares), modalidade que proporciona resultado muito mais harmônico e natural, pois permite a extração de fios (um a um) da área doadora com micro aparelho americano (SAFE System), sem necessidade de cortes, evitando cicatriz linear na região occipital do couro cabeludo e garantindo maior densidade capilar (3000 a 5000 unidades foliculares, em número de fios, média de 6 000 a 11 000 fios). Esse procedimento é relativamente simples, com resultado definitivo que devolve ao paciente a confiança e autoestima perdidas em decorrência da queda de cabelo. A Revista Saúde conversou com o dermatologista, que nos esclareceu algumas dúvidas a fim se de obter melhor entendimento sobre os pontos chaves de cada etapa do transplante capilar.

Dr. Paulo José, o que deve ser considerado quando um paciente decide realizar o Transplante Capilar?

 1. A escolha do profissional:

A primeira medida a ser tomada é procurar um especialista que se dedica às cirurgias de restauração capilar, pois quando essas são realizadas por equipe especializada e de referência, alcançam resultados genuínos. Assim, o paciente evita efeitos aquém do desejado, isto é, com pouco volume ou baixa pega dos fios, linha anterior artificial ou com baixa densidade, mau posicionamento dos fios e até cabelos em tufos com terrível aspecto de boneca. A cirurgia bem- -sucedida garante ao paciente jovialidade, elevação da autoestima e bem-estar.

2. Equipe de implante capilar:

O tempo de formação de uma equipe para realização de transplantes capilares de alto nível é fundamental, vez que o procedimento não depende somente do cirurgião. Um conjunto sincronizado que garanta o melhor resultado, leva em média de 2 a 5 anos de atuação. Logo, a excelência almejada só se conquista com tempo e volume de cirurgias executadas. Em parceria com o Centro de Medicina Capilar (CMC), nós formamos um grupo com mais de 10 anos de experiência, realizamos, em média, 15 cirurgias mensais, sempre atentos para desenvolver o extremo senso de habilidade artística para restaurar com naturalidade, através da técnica FUE, o problema da calvície.

3. A primeira consulta:

A consulta presencial com o Dr. Paulo José é imprescindível, neste momento que se estabelece a confiança mútua entre médico e paciente. Será realizado pelo cirurgião a anamnese do paciente, na qual coleta informações quanto à idade, atividade profissional, período em que a calvície iniciou, histórico familiar, hábitos regulares, se é a primeira vez que procura um especialista, se já realizou outros tratamentos, uso de medicações para doenças sistêmicas e alergias. Após obtidas essas informações, o médico dará início ao exame físico do paciente, fase que são avaliados o grau da calvície e à área doadora. A região occipital, parte posterior do couro cabeludo, é examinada quanto a extensão, espessura dos fios e densidade. Para isso, utiliza-se o auxílio de aparelhos tecnológicos (microscopia digital) para uma análise detalhada e específica. Aqui, o paciente pode acompanhar o exame através de um monitor e observar os fios e unidades foliculares com um aumento em até 200x. Após a coleta das informações, associada ao exame físico do paciente, em que foi classificado o grau da calvície, avaliada a área doadora e receptora, o médico definirá o plano de tratamento para alopecia, que consiste em:

 • Planejamento cirúrgico, em caso de indicação;

 • Exames pré-operatórios;

 • Áreas a serem preenchidas. (prioridade);

• Orientação se o grau da expectativa do paciente corresponde com o que a cirurgia pode oferecer, explicando sobre a eventual necessidade de outras sessões para uma maior densidade;

• Indicar o tratamento clínico associado a medicamentos, laser e microagulhamento para evitar a queda na parte saudável.

4. Apenas uma cirurgia é suficiente ou sempre haverá a necessidade de mais sessões? E, havendo necessidade, qual intervalo entre uma cirurgia e outra?

Dependerá do grau de calvície e densidade da área doadora. Em regra, pessoas com fios mais volumosos e fortes nas laterais e atrás do couro cabeludo poderão ter melhores resultados. Porém, um indivíduo que não apresente um grau de calvície elevado, mas possui área doadora com pouca densidade das unidades foliculares, poderá necessitar de duas sessões de transplante capilar. Por outro lado, um paciente com um grau de calvície maior, apresentando uma área doadora com alta densidade, uma sessão bem realizada já resolveria e responderia suas expectativas. O intervalo ideal entre uma cirurgia e outra é de 12 meses.

 5. Como é feito a cirurgia?

A técnica FUE é um procedimento no qual as unidades foliculares são extraídas uma a uma, por meio de um instrumento motorizado (rotor fue), da região posterior do couro cabeludo sem deixar cicatriz linear. Após isso, nossa equipe conta, separa e prepara as unidades foliculares de um a quatro fios e, simultaneamente, o Dr. Paulo José realiza as incisões na área receptora utilizando uma lâmina de safira, que por ser altamente cortante e delicada (espessura de 0,8 a 1,25 mm) permite obtenção de maior densidade com ausência de cicatriz na área transplantada. Feita as incisões, serão implantados os fios um a um. A cirurgia pode ser realizada no couro cabeludo, barba e sobrancelhas. Cada sessão possibilita o implante de 3000 a 5000 unidades foliculares, uma vez que cada folículo reúne de um a quatro fios. Ainda que seja uma cirurgia minimamente invasiva, nossos transplantes capilares são realizados em complexo hospitalar, oferecendo todo conforto e cuidado necessário ao paciente, que receberá alta no mesmo dia.

6. Dr. Paulo José, como é o pós-operatório do transplante capilar?

Os pacientes irão para casa no mesmo dia do ato cirúrgico, não havendo necessidade de internações. Em 48 horas, ele deverá retornar à clinica para que seja retirado o curativo e realizada a primeira higienização dos cabelos. Não há dor, eventualmente um discreto desconforto que, com auxílio de analgésicos, será totalmente tolerado. Alguns pacientes podem apresentar leve edema na região frontal nas primeiras 72 horas. O retorno ao trabalho pode ocorrer em 3 a 5 dias após a cirurgia. O uso de boné, chapéu e lenços pode ser feito após a retirada do curativo. O cabelo implantado irá cair nos primeiros 30 dias e um novo cabelo nascerá em um intervalo de 3 a 4 meses, proporcionando resultado final em 12 meses. A higiene do couro cabeludo pode ser feita normalmente, no qual orientamos o uso de shampoos especiais nos primeiros 30 dias devido à possibilidade de crostas. Atividade física pode ser feita em 15 dias, fase em que devem ser evitados, também, o uso de bebidas alcoólicas e cigarro. Atividades aquáticas, assim como exposição solar franca no couro cabeludo devem ser evitadas durante o período de 30 dias. O tratamento clínico e protocolos de tratamentos realizados no consultório médico devem ser continuados na mesma semana da cirurgia, segundo as orientações dadas ao paciente, sempre com o objetivo de evitar a queda na parte saudável e a persecução de uma resposta mais rápida aos resultados cirúrgicos.

Ver perfil

Matéria Por

Paulo José Filho

Dermatologia

CRM/RO 4288 | RQE 1069 | Porto Velho

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional