A importância da fisioterapia na terceira idade

A importância da fisioterapia na terceira idade

Existem certos cuidados a serem tomados antes que o idoso comece a realizar as sessões. Primeiramente, é preciso fazer uma avaliação minuciosa para detectar possíveis restrições. Após a consulta, o profissional irá acompanhar o novo paciente para elaborar o tratamento adequado.

A especialidade é necessária em qualquer fase da vida, mas para os idosos ela tem função preventiva.

Chegar à terceira idade com saúde e disposição física é para poucos. Mas as pesquisas revelam que essa classe só tem crescido e a busca pela qualidade de vida também. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), no Brasil, 5,85% da população tem mais de 65 anos, número que deverá aumentar em 15 vezes até 2025. Em decorrência desta longevidade, a procura por profissionais de “Fisioterapia” está em plena ascensão.

As fisioterapeutas explicam a importância da fisioterapia para os idosos, aliado à prática de exercícios físicos no dia a dia. “Pessoas da terceira idade exigem do profissional atenção e cuidados redobrados. Por isso, é de extrema importância ensinar exercícios que futuramente poderão ser feitos sozinhos”, afirmam as fisioterapeutas.

O tratamento fisioterapêutico pode ser necessário em qualquer fase da vida, porém no idoso tem uma importância não só de tratamento, como de prevenção, o que ajuda na melhora da qualidade de vida. Pois, juntamente com o envelhecimento, surgem as alterações fisiológicas e patológicas que merecem ser tratadas antes mesmo que apareçam. Atualmente, a fisioterapia trabalha com três áreas de atuação: Preventiva, Terapêutica e Reabilitação. O objetivo é trazer independência para as “AVD’s” Atividades de Vida Diária (subir e descer escadas, lavar louça, pentear os cabelos etc), no intuito de minimizar as consequências da idade avançada.

Existem certos cuidados a serem tomados antes que o idoso comece a realizar as sessões. “Primeiramente, é preciso fazer uma avaliação minuciosa para detectar possíveis restrições. Após a consulta, o profissional irá acompanhar o novo paciente para elaborar o tratamento adequado”.

A evolução do tratamento fisioterapêutico é gradativa, além disso, alia saúde mental e física proporcionando bem- -estar e qualidade de vida.

“Na fisioterapia os exercícios são divididos em graus de dificuldade, respeitando as características e as limitações de cada indivíduo”.

Portanto a Fisioterapia desenvolve tratamento para pacientes na área de Pediatria, Neurologia, Ortopedia e Traumatologia, Respiratória e Gestante. Sendo assim podemos proporcionar para cada paciente técnicas de reabilitação, e recursos adequados para apresentarem assim uma boa evolução no seu quadro clínico.

A clínica é movida pela reabilitação, saúde e bem-estar das pessoas.

Fisioclínica Clínica de Fisioterapia e Reabilitação

A clínica existe desde Agosto de 1989, hoje conta com uma equipe Multidisciplinar, sendo: três Profissionais Especializadas na Área de Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia e Odontologia. Com equipamentos e técnicas modernas para tratamentos convencionais e diferenciados como (Acupuntura Auricular, Equoterapia, Reabilitação Vestibular, Terapia Manual e Terapias Globais).

Matéria Por

Cynthia Glaúcia Consalter

Fisioterapia

CREFITO/8 - 92062-F | Paranavaí

Matéria Por

Vanessa Araújo Caldas

CREFITO/8 - 47733-F | Paranavaí

Ver perfil

Matéria Por

Teresa Cristina Branco

CREFITO/8 - 8760-F | Paranavaí

Deixar Comentário