Especial Capa - Thiago

Especial Capa - Thiago

Cirurgia de Bichectomia

 

A cirurgia para retirada da bola de Bichat é uma técnica descrita desde os anos 80 com fundamentação da remoção do tecido adiposo presente entre a musculatura do masseter e o bucinador. É um acúmulo de gordura em uma posição anatômica do rosto, que dá maior ou menor volume para as bochechas.

A funcionalidade desta se dá nos primeiros anos de vida para ajudar o bebê na amamentação e sucção materna e, com o passar dos anos, ela perde o princípio e acarreta em um depósito de gordura facial, sem função estrutural ou de sustentação.

É indicada para pacientes que têm maior predisposição a repetidas mordeduras ou incomodadas com o formato do rosto.

A flacidez facial, com o avanço da idade, irá acontecer, independente do paciente realizar bichectomia ou não, ao contrário do que se imagina, pacientes com excesso de gordura nessa região tem uma facilidade maior de perder a sustentação de pele com o passar do tempo, levando a uma aparência de cansado ou de bochechas caídas.

Esta cirurgia é realizada através de uma incisão intraoral muito pequena (1,5cm), que não deixa cicatrizes visíveis e é aplicada sob anestesia local e/ou sedação leve. Através desta incisão, são removidas as bolas de Bichat. Todo procedimento é realizado na região dentro da boca e posteriormente, feita a sutura no local da incisão.

Após o procedimento, ocorre algum inchaço nas bochechas, que é completamente normal e controlado para qualquer pós-operatório. O paciente retorna a sua residência e a alta é dada no mesmo dia, após 1 hora em média.

A cirurgia leva em torno de 50 minutos, e o paciente deve repousar e utilizar bolsas de gelo para melhora. Não é uma cirurgia dolorosa e o desconforto mínimo pode ser perfeitamente controlado com analgésicos orais. No entanto, é aconselhável abster-se de mastigação excessiva e alimentos quentes nos primeiros dias.

Com um pós-operatório tranquilo e rápida recuperação, o paciente começa a apresentar seus primeiros resultados após 30 dias de cirurgia, tendo o seu resultado final em média com 90 dias.

Avaliação e indicação do procedimento é de fundamental importância para o sucesso do tratamento. Uma análise bem-feita e diagnóstico do perfil do paciente irá ser necessário para traçar o prognóstico e obter o melhor resultado. Com essa cirurgia conseguimos melhorar o contorno facial, gerando assim uma sensação visual de um rosto triangular e alongado e proporcionando, por fim, ao paciente um alinhamento estético funcional.

Ver perfil

Matéria Por

THIAGO FELIPPE OLIVEIRA DE MACÊDO

Bucomaxilofacial

CRO/ RN 3546 | Natal

Deixar Comentário