Prevenção ao Câncer de Pele

ONCOLOGIA

Prevenção ao Câncer de Pele

No mês de dezembro inicia-se a campanha Dezembro Laranja e em 2018, o tema da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele é “Se exponha mas não se queime”. O câncer não tem de ser inevitável. Há muito que você pode fazer para reduzir o risco que você corre e para se proteger, siga estas dicas de prevenção do câncer de pele: Evite o sol durante o meio do dia.

Para muitas pessoas na América do Sul, os raios do sol são mais fortes entre as 10h e as 16h. Programe atividades ao ar livre para outras horas do dia, mesmo no inverno ou quando o céu está nublado. Você absorve radiação UV durante todo o ano e as nuvens oferecem pouca proteção contra raios prejudiciais.

Evitar o sol mais forte ajuda a evitar queimaduras e bronzeamento que causam danos à pele e aumentam o risco de desenvolver câncer de pele. A exposição solar acumulada ao longo do tempo também pode causar câncer de pele. Use protetor solar durante todo o ano. Os protetores solares não filtram toda a radiação UV prejudicial, especialmente a radiação que pode levar ao melanoma.

Mas eles desempenham um papel importante em um programa geral de proteção solar. Use um filtro solar de amplo espectro com um FPS de pelo menos 30. Aplique protetor solar generosamente e reaplique conforme orientação de cada produto - ou com mais frequência se estiver nadando ou transpirando.

Use uma quantidade generosa de filtro solar em toda a pele exposta, incluindo os lábios, as pontas das orelhas e as costas das mãos e do pescoço. Use roupas de proteção. Os protetores solares não fornecem proteção completa contra os raios UV. Portanto, cubra a pele com roupas preferencialmente escuras que cubram os braços e as pernas, e um chapéu de aba larga, que oferece mais proteção do que um boné ou viseira.

Algumas empresas também vendem roupas fotoprotetoras, FPS 50+. Não esqueça óculos de sol, procure aqueles que bloqueiam os dois tipos de radiação UV - raios UVA e UVB. Evite camas de bronzeamento. Luzes usadas em camas de bronzeamento emitem raios UV e podem aumentar o risco de câncer de pele.

Esteja ciente dos medicamentos para a sensibilização do sol. Algumas prescrições comuns e medicamentos sem receita, incluindo antibióticos, podem tornar sua pele mais sensível à luz solar. Se eles aumentarem sua sensibilidade à luz do sol, tome precauções extras para ficar longe do sol para proteger sua pele.

Examine sua pele novas lesões como pintas ou nódulos, ou alterações em manchas existentes, sardas e marcas de nascença. Verifique a sua pele regularmente e informe as alterações ao seu médico.

Ver perfil

Matéria Por

Flávio Henrique Pereira Conte

Cirurgia Oncológica

CRM/PR: 30122 RQE: 2441 | RQE: 2442 | Londrina

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional