Cinco motivos para NÃO fazer cirurgia plástica

CIRURGIA PLÁSTICA

Cinco motivos para NÃO fazer cirurgia plástica

Hoje em dia é muito comum alguém fazer cirurgia plástica. Apesar de criticada por alguns, podemos mudar positivamente a vida das pessoas, fazer verdadeiras revoluções. No entanto, ainda é frequente ver sonhos destruídos e pacientes insatisfeitos no consultório! O que ocorreu com eles? Como posso fazer para evitar isso? Após vários anos fazendo a mesma coisa, consigo identificar CINCO situações onde, desde o começo, já sabemos que há grandes chances de não dar certo:

1. Sua saúde e condição clínica não permite. Se você tem algum problema de saúde crônico que aumente o risco de ter complicações, reconsidere. Cirurgia plástica é para quem tem plena saúde.

2. Fazer para agradar alguém ou porque “todo mundo está fazendo”. A motivação principal deve ser sua, e a opinião de terceiros vale pouco ou nada.

3. Não tolero nada que não seja perfeito. Pessoas excessivamente perfeccionistas tendem a não ficar satisfeitas, pois toda cirurgia pode gerar uma pequena imperfeição. Perfeição absoluta não existe e pode haver muita frustração.

4. Não ter ninguém para ajudar. O pósoperatório é tão importante quanto a cirurgia para determinar o resultado. Você irá precisar de ajuda no começo, caso não tenha ninguém, há mais chance de ocorrer problemas.

5. Falta de programação financeira pode obrigar a pessoa escolher pelo preço, literalmente fazendo “leilão” com o próprio corpo. A escolha deve se basear em fenômenos concretos como o feedback de outras pacientes e a confiança que o profissional te inspira e não somente o preço.

Enfim, acredito muito que a cirurgia plástica pode ir muito além de simples mudanças corporais. Todos precisamos de motivações para mudar, para ter um estilo de vida mais saudável, praticar atividades físicas e nos alimentarmos corretamente. A cirurgia pode ser um grande divisor de águas, representando grande motivação para que você consiga sair desta inércia de uma vida parada e com alimentação irregular e passe a ter mais prazer em se cuidar. Escolha um profissional que encare você como uma pessoa que busca um sonho e não como um cifrão ($). Tenha sempre em mente que você precisa fazer sua parte e a cirurgia é apenas um começo e não um fim em si mesma. É o começo de uma nova fase, uma nova forma de viver.

Ver perfil

Matéria Por

Marcelo Takeshi Ono

Cirurgia Plástica

CRM/PR: 21591 RQE: 511 | Ibiporã

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional