Vamos falar algumas verdades sobre cirurgia plástica?

CIRURGIA PLÁSTICA

Vamos falar algumas verdades sobre cirurgia plástica?

Quando você faz uma cirurgia plástica a primeira coisa que vem a sua mente é um corpo perfeito, uma cicatriz invisível, modelos em roupas minúsculas tomando banho de sol numa praia paradisíaca.

E se não for bem assim? Você está preparada?

Muito se banalizou a figura da cirurgia plástica e dos procedimentos cirúrgicos estéticos, culpa de profissionais gananciosos e de pacientes imprudentes. É verdade que as notícias sobre complicações cirúrgicas e desfechos trágicos em cirurgias plásticas são amplamente divulgadas nas diversas formas de mídias porque chamam a atenção e despertam o interesse de espectadores ávidos por um procedimento estético. Convenhamos, é muito mais interessante você ler uma notícia daquilo que lhe interessa. Mas a busca incessante por corpos esculturais perfeitos e resultados inatingíveis tornaram os procedimentos estéticos um descabido “vale tudo” de cirurgias e procedimentos. Hoje já não há mais justificativa para dizer que não sabia que tal profissional não era apto ou que o local onde ele realizava as cirurgias não era adequada. As informações estão em todos os lugares e acessíveis a todos os interessados. Quanto a cirurgia plástica, o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www.cirurgiaplastica. org.br) lista o nome de profissionais que realizaram 11 anos de formação profissional e que foram submetidos a provas e testes orais para que se tornassem capacitados para realizar uma cirurgia estética.

Vou deixar aqui, 5 dicas para você refletir e não se arrepender depois de fazer sua cirurgia plástica.

1 - A cicatriz sempre é visível! Não existe cirurgia plástica sem cicatriz. O que a plástica proporciona é realizar a cirurgia com as menores cicatrizes possíveis, e que estas fiquem discretamente escondidas pelas roupas ou em dobras naturais do corpo.

2 - O resultado da cirurgia não pode ser garantido! Quando lidamos com corpo humano e diferentes biotipos não há como prever um resultado perfeito. Existem várias limitações para uma cirurgia plástica que envolvem a técnica utilizada pelo cirurgião, mas também as características do corpo e biotipo das pacientes. Cabe ao cirurgião fazer o possível para obter um resultado satisfatório.

3 - A plástica não pode prometer beleza, muito menos perfeição! Se beleza é um conceito subjetivo, imagine a perfeição! Não é possível dimensiona- las quanto mais promete-las. Há sim condições de realizar bons trabalhos, com técnicas consagradas e que harmonizem as diferentes características físicas dos pacientes.

4 - Existe risco de complicação em todas as cirurgias plásticas! As complicações são variáveis, desde uma cicatrização inestética, até complicações graves como infecções, necroses de pele, embolias. É verdade que é muito rara alguma coisa errada acontecer quando os cuidados pré operatórios são respeitados, um profissional capacitado e um local seguro são escolhidos, mas mesmo assim há risco!

5 - O pós operatório é - por vezes trabalhoso e requer cuidados especiais! Não existe milagre! Se você se submeter a uma cirurgia plástica, você deve ter um certo cuidado pós operatório pra que se consiga o resultado almejado. Dependendo da cirurgia, esse cuidado engloba outras pessoas, exige afastamento do trabalho e das atividades habituais e pode ser cansativo e desconfortável.

Se você conseguiu ler essas recomendações e mesmo assim está convencida em realizar sua cirurgia plástica estética, procure um cirurgião plástico de sua confiança e tenha uma ótima cirurgia!

Ver perfil

Matéria Por

Fábio Augusto Selbach

Cirurgia Plástica

CRM/SC 13818 | RQE 12426 | Joinville

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional