Transplante Capilar pela Técnica FUE Indolor e com Aspecto Natural

Transplante Capilar pela Técnica FUE Indolor e com Aspecto Natural

A técnica FUE, minimamente invasiva, hoje é amplamente utilizada para transplante capilar e veio para preencher uma importante lacuna que causava medo e deixava o paciente estigmatizado com os chamados cabelos de boneca.

Transplante de cabelo ou implante de fios de cabelo, seja como for que se refira a ele, trata-se de transplante capilar. Em suma, é o conceito usado para a transferência de raízes dos cabelos de uma região do couro cabeludo, ou de outras áreas do corpo que estão imunes à queda, para as áreas calvas da cabeça, seja ela em maior ou menor extensão. Hoje, o procedimento mais utilizado para este evento é o transplante fio a fio ou como se diz cientificamente, transplante pela técnica FUE (Extração de Unidades Foliculares).

Algo que foi sanado pela nova técnica que deixa os pacientes com uma aparência bem natural. Ela é feita sem cortes, pois as raízes (unidades foliculares) são extraídas uma a uma por uma pequena incisão menor que 0,8 milímetros. A técnica FUE não deixa cicatrizes lineares na área doadora, algo que antes acontecia e, além de doloroso, era inestético.

Por meio desta técnica (FUE), o cirurgião faz o transplante de uma grande quantidade de fios, sendo um método praticamente indolor, que não precisa afastar o paciente de suas atividades; sejam elas de trabalho ou lazer. É um procedimento indicado para adultos de qualquer idade, homens e mulheres. Ele também possibilita a retirada de pelos de outras áreas do corpo como barba e tórax, para serem usados no transplante.

Para obter um resultado satisfatório, é indispensável um bom planejamento pré-operatório, pois a transferência de uma quantidade adequada de fios, quando feita por um cirurgião plástico experiente, aumenta e muito, as chances de sucesso no procedimento, uma vez que objetivo desta técnica é proporcionar um aspecto mais natural possível e praticamente imperceptível a olho nu.

A aparência mais próxima do natural é o principal desejo dos pacientes que realizam a técnica FUE, desde que a mesma seja feita por profissional médico capacitado e com ampla experiência neste procedimento.

Paulo Miranda explica que cerca de 80% dos casos que chegam ao seu consultório são passíveis de correção com a técnica denominada de FUE (Folicular Unit Extraction), popularmente conhecida como transplante fio a fio. Este é um dos tratamentos atuais, que mais garantem qualidade, satisfação e autoestima ao paciente.

O que você precisa saber sobre a Técnica FUE para Transplante de Cabelo

• Hoje, o procedimento mais utilizado para este evento é o transplante fio a fio, chamado de FUE (Extração de Unidades Foliculares);

• A técnica FUE é minimamente invasiva;

• A técnica FUE não deixa cicatrizes lineares na área doadora;

• O transplante é feito com uma grande quantidade de fios, sendo praticamente indolor;

• O planejamento préoperatório é fundamental;

• Indicado para adultos de qualquer idade: homens e mulheres

• Objetivo desta técnica é proporcionar um aspecto mais natural possível e praticamente imperceptível a olho nu.

Ver perfil

Matéria Por

Paulo Miranda

Cirurgia Plástica

CRM/SP 108.754 - RQE 36851 | São José do Rio Preto

Deixar Comentário