Entenda mais sobre Diabetes Mellitus

Entenda mais sobre Diabetes Mellitus

Diabetes Mellitus é um grupo de distúrbios metabólicos que apresenta em comum a hiperglicemia, resultante de defeitos na ação e/ou secreção de insulina. São vários os tipos que existem.

Vamos falar do Diabetes Mellitus tipo 1, que é uma doença autoimune, ou seja, o nosso próprio organismo produz células que vão destruir as células produtoras de insulina no pâncreas. A insulina é o hormônio regulador do açúcar nas células do nosso organismo.

O DM1 ocorre em aproximadamente 10% de todos os pacientes diagnosticados com diabetes e tem como causas fatores genéticos e ambientais, ainda não totalmente esclarecidos. A fase de maior incidência é, em média, aos 11 anos, mas vem aumentando muito os casos de crianças abaixo de 5 anos, portanto, podendo ocorrer em qualquer idade.

O início dos sintomas tende a ser abrupto, em cerca de 7 a 10 dias, com a família notando emagrecimento rápido, com perda de mais de 10% do peso corporal da criança, aumento de quantidade de urina e muita sede. Às vezes, a criança apresentou alguma infecção pregressa. A depender do atraso no diagnóstico, pode haver complicações metabólicas, levando à necessidade de UTI por cetoacidose diabética. Em crianças pequenas pode haver dificuldade, porque os sintomas não são tão específicos, passando facilmente por uma leve infecção, podendo piorar o quadro do paciente.

O DM1 ainda não tem cura e é uma alteração que pode trazer complicações em longo prazo, o que requer atenção precoce, rigorosa e contínua ao tratamento. Estudos intensivos estão sendo feitos, tanto para a descoberta da cura, como também para a melhora da qualidade de vida dos pacientes, com os sensores de glicemia e as novas bombas de infusão de insulina.

A partir do diagnóstico feito pelo médico, é imperativo um cuidado especial ao paciente e seus familiares, porque há uma necessidade de mudanças na rotina diária para sempre. O tratamento consiste em aplicações múltiplas de insulina ou uso de bomba de infusão contínua de insulina, controle glicêmico rigoroso, dieta adequada, orientação quanto a locais de aplicação, higiene e, principalmente, aceitação quanto a essa nova realidade. Todo esse processo demanda atenção multidisciplinar, com profissionais especializados em tratamento de Diabetes Mellitus tipo 1, como médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e educadores físicos.

Para esse atendimento especializado, contamos com a ADJ-Birigui, que atende pacientes da região Noroeste e até estados vizinhos e tem o acolhimento necessário a este tratamento, com enfermagem, nutrição, psicologia e farmácia especializada.

Ver perfil

Matéria Por

Regina Cintra Querino da Silva

Endocrinologia e Metabologia

CRM/SP 90652 - RQE 62240 | Birigui

Deixar Comentário