Alterações benignas das mamas, o que fazer?

Alterações benignas das mamas, o que fazer?

A queixa mais comum no consultório de mastologia é dor mamária, e a causa mais corriqueira desse tipo de queixa são as alterações funcionais benignas das mamas- AFBM- que até alguns anos era conhecida pelos médicos e pelas pacientes como displasia mamária.

Essa doença acomete paciente a partir da adolescência e cursa com sensação de mamas pesadas doloridas e inchadas sobretudo na fase pré-menstrual de maneira cíclica e melhora com a gestação e, ao exame clínico, como mamas espessadas mais acentuadamente nos quadrantes súpero-externos de ambas mamas. Muitas clientes reclamam de muita sensibilidade nesse período, pois até a água no chuveiro caindo sobre as mamas pode trazer desconforto.

Outra situação bem corriqueira no consultório é o medo de que isso pode se traduzir como a possibilidade de câncer de mama, o que não é verdade pois essas pacientes não são de maior risco do que a população feminina de uma maneira geral.

Cabe aos especialistas o papel de tranquilização dessas pacientes, a investigação correta e parcimoniosa, bem como orientação sobre a necessidade de dieta pobre em sal, uso de soutien adequado, e evitar excesso de um pigmento chamado de metilxantina que se encontra nos refrigerantes tipo cola, chá preto, café e chocolate.

Se essas medidas acima não derem resultado é necessário uso de medicamentos específicos para essa patologia e devem ser prescritos por médicos especialistas.

Ver perfil

Matéria Por

Naildo Alonso Faustino

Mastologia

CRM/MS 2484 | RQE 1002 | Dourados

Deixar Comentário

Outras matérias desse profissional