ESPECIAL CAPA

Tratamento facial com ácido hialurônico

Por volta dos 30 a 35 anos começamos a diminuir a produção de colágeno, por isso, começamos o processo de envelhecimento da face. Também acontece uma reabsorção óssea, perda de gordura com consequente falta de sustentação facial, e deslocamento de suas estruturas resultando em um aspecto com “face caída”, como se estivesse derretendo, traduzindo em envelhecimento. Existem vários tipos de contorno facial específico para cada pessoa que deve ser respeitado ao se realizar um procedimento para rejuvenescer.

Porém o fato é que um rosto jovem mantém um formato de triângulo invertido, sendo que a medida que o tempo vai passando a tendência é a face se tornar mais quadrada. Aqui entra a importância do ácido hialurônico, que é feito de um material biocompatível, não definitivo, e quando usado exatamente no local apropriado da face criará o efeito almejado. Existem vários tipos de ácido hialurônico a serem aplicados, conforme o objetivo que queremos alcançar com o tratamento. Usando uma técnica adequada conseguimos reposicionar a face, trazendo um efeito de lifting, com consequente amenização de sulcos e rugas que vão se formando ao longo dos anos, devolvendo ao rosto um aspecto jovial e saudável.

Ver perfil

Matéria Por

Mariley Paroschi

Dermatologia

CRM/PR 32783 | RQE 23973 | Cianorte

Deixar Comentário

Outras MATÉRIAS