Dúvidas sobre cirurgia refrativa a laser

OFTALMOLOGIA

Dúvidas sobre cirurgia refrativa a laser

A cirurgia refrativa é um procedimento no qual o médico oftalmologista utiliza um equipamento chamado Excimer Laser para remodelar suavemente a superfície da córnea, modificando sua curvatura para corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. A cirurgia pode ser feita pela aplicação de diferentes técnicas cirúrgicas, as mais utilizadas são o LASIK e o PRK.

O que é LASIK?Nessa técnica, o oftalmologista realiza um corte ultrafino na camada anterior da córnea, o que permite a aplicação do laser na camada mais interna. Dessa forma, há menor superfície para cicatrizar e assim ocorre menos desconforto no pós-operatório e a recuperação visual costuma ser mais rápida.

O que é PRK?

No PRK a correção do grau é realizada através da aplicação do laser na superfície da córnea. É uma técnica muito segura, porém a recuperação visual é mais lenta. No pós-operatório é fundamental evitar a exposição dos olhos ao sol.

Quem pode operar?

O grau deve estar estável por pelo menos 1 ano. Ter idade mínima de 21 anos. A córnea deve ter espessura e curvatura adequadas. Mulheres não podem estar grávidas ou amamentando.

Qual grau pode ser operado?

No caso da miopia pode-se operar até 12 graus. Nos casos de hipermetropia e astigmatismo é possível operar até 6 graus. Existem outras técnicas que poderão ser aplicadas em graus maiores.

É realizado anestesia?

A anestesia é feita apenas com algumas gotas de colírio poucos minutos antes da cirurgia.

Quanto tempo dura a cirurgia?

A duração média é de 15 minutos, mas a aplicação do laser é feita somente por alguns segundos, de acordo com o grau a ser tratado.

Tenho mais de 40 anos e tenho grau para longe e para perto, posso operar?

Acima dos 40 anos, caso o grau seja totalmente corrigido para longe em ambos os olhos, o paciente necessitará de óculos para a leitura. A forma mais utilizada para eliminar ou diminuir a necessidade dos óculos para longe e para perto com a cirurgia a laser, é denominada monovisão. Para isso, corrige-se totalmente o grau do olho dominante para longe e o outro deixa-se um pouco míope, para dar visão para perto. A pequena diferença de grau entre os olhos é, em geral, rapidamente compensada pela adaptação cerebral. Em pacientes com graus elevados ou com catarata inicial, pode- se indicar a substituição do cristalino por implante de lentes multifocais, que proporcionam boa visão para perto e para longe.

Posso praticar esportes após a cirurgia?

Depende da modalidade do esporte. No caso de natação é recomendável não praticar pelo período mínimo de um mês. Quando não existe contato físico, como na academia, é possível praticar esportes após uma semana. Em esportes com risco de traumas (como futebol, vôlei e basquete) pode- se praticar após um mês, mesmo assim, tomando cuidado extremo para não atingir os olhos.

Ver perfil

Matéria Por

Rafael Bragagnolo

Oftalmologia

CRM/SC 17362 | RQE 12980 | Chapecó

Deixar Comentário