Angiotomografia computadorizada

RADIOLOGIA

Angiotomografia computadorizada

Angiotomografia computadorizada é um exame baseado na associação da tomografia computadorizada e da angiografia com o objetivo de visualizar as artérias e veias do corpo. Através deste exame é possível diagnosticar doenças relacionadas ao sistema circulatório como aneurismas e obstruções. O exame é feito através de emissão de raios-x, para sua realização é necessária a utilização de contraste venoso, atualmente em quantidades cada vez menores e mais seguras, além de se usar menor radiação em equipamentos modernos. 

A finalidade da angiotomografia é auxiliar o médico vascular no diagnóstico, planejamento terapêutico e caso seja decidido por conduta cirúrgica, na avaliação pré e pós-operatória. Através das imagens e do relatório fornecido é possível optar por tratamentos conservadores ou cirúrgicos, que podem ser realizados por via aberta ou através de intervenção vascular, uma técnica menos invasiva e que possibilita o implante de stents, endopróteses e embolizações. As patologias mais comumente avaliadas pelo método são as relacionadas à doença ateromatosa, entre elas o aneurisma de aorta torácica e abdominal e as vasculopatias arteriais periféricas.

Aneurisma significa uma dilatação de um vaso superior a 50% de seu calibre habitual. A aorta é a principal artéria do corpo e local frequentemente acometido, sendo a localização abaixo das artérias renais responsável pela maioria dos casos. Os fatores de risco são hipertensão, tabagismo, diabetes, sedentarismo e hereditariedade. Geralmente é uma condição assintomática e diagnosticada em exames de rotina. Após o diagnóstico a consulta com um cirurgião vascular é fundamental, pois a tendência natural do aneurisma é crescer e reduzir a espessura da parede do vaso, aumentando desta forma o risco de rotura e ocasionando uma hemorragia interna, cuja gravidade depende da localização e do tamanho, porém se diagnosticado precocemente e tratado de maneira efetiva a chance de sucesso é de 99%.

Os critérios para intervenção são a localização e o tamanho, como o risco de um pequeno aneurisma de aorta romper é mínimo, alguns pacientes podem ser acompanhados com métodos de imagem. Outra patologia avaliada pelo método são as obstruções arteriais, que reduzem a quantidade de sangue distribuído para determinada parte do corpo. Os membros inferiores são frequentemente acometidos. Assim como no aneurisma da aorta, grande parte dos pacientes são assintomáticos, quando os sintomas surgem, dor, dormência e dificuldade para caminhar são os mais frequentes.

O diagnóstico precoce é fundamental e pode evitar morbidades como a amputação. A angiotomografia trouxe grande benefício aos pacientes e médicos vasculares ao permitir a avaliação do sistema circulatório de forma não invasiva, segura e rápida que associada a uma comunicação eficaz entre o médico radiologista e o cirurgião, é capaz de estabelecer a abordagem terapêutica ideal para cada paciente.

Ver perfil

Matéria Por

Ana Maria Melo de Castro Miranda

Radiologia

CRM/RS 38997 | RQE 55898 | Chapecó

Deixar Comentário