Prótese de Joelho Artroplastia Total de Joelho

ORTOPEDIA

Prótese de Joelho Artroplastia Total de Joelho

A Osteoartrose (Osteoartrite) é uma doença degenerativa e progressiva da cartilagem que pode levar à deformidade da articulação. O processo atinge inicialmente a cartilagem e, posteriormente, o osso condral. Clinicamente, caracteriza-se por dor, rigidez articular, crepitação, alargamento ósseo e limitação funcional progressiva. Estima-se que a Osteoartrose Sintomática do Joelho ocorre em 13% da população com mais de 60 anos e, para 2020, estima-se que esse número pode dobrar.

O Raio-X convencional é um método de imagem simples e barato para a avaliação da Artrose de Joelho (Gonartrose) e através desse exame, pode-se classificar o grau da lesão. Segundo Ahlabäck, a Gonartrose evolui do grau 1 ao 5, sendo o grau 5, o mais grave. Nos estágios mais graves da Gonartrose, a Artroplastia Total de Joelho é o procedimento que se indica, com o objetivo principal de aliviar a dor e melhorar a funcionalidade e qualidade de vida dos pacientes, onde as medidas não cirúrgicas, do tratamento conservador, não surtem mais efeitos.

A Artroplastia é uma cirurgia considerada de substituição de uma articulação; sendo no joelho, pode ser unicompartimental (onde apenas um dos compartimentos, medial ou lateral, é substituído) ou Artroplastria Total (todos os compartimentos do joelho são substituídos). O procedimento cirúrgico consiste em três etapas principais: acesso cirúrgico, osteotomia femoral e tibial, cimentação dos componentes definitivos. O tempo médio cirúrgico da Artroplastia Total do Joelho é de duas horas. O paciente já pode apoiar com a prótese no próximo dia, se não houver intercorrências.

E o tempo médio de reabilitação, onde o paciente quase não apresenta mais queixas, é de seis meses. As complicações cirúrgicas principais giram em torno de 6%. Segundo várias escalas, que classificam a qualidade de vida antes e após a cirurgia, os pacientes apresentam uma melhora significativa, e muitos pacientes retornam às atividades que faziam previamente antes do grau elevado da doença.

Ver perfil

Matéria Por

Gregório João Selhorst

Ortopedia e Traumatologia

CRM/PR 25604 | RQE: 17059 | Campo Mourão

Deixar Comentário