VASINHOS DA FACE, VARIZES E MICROVARIZES DAS PERNAS: TRATAMENTO ATUAL

VASINHOS DA FACE, VARIZES E MICROVARIZES DAS PERNAS: TRATAMENTO ATUAL

Tratamento de vasos da face.

Algumas condições de pele como a Rosácea, cursam com muitos vasinhos superficiais no rosto, alguns quase invisíveis, mas que juntos causam o aspecto avermelhado na face, que pode incomodar o paciente. Vasinhos nas laterais do nariz também são muito comuns, causando diferenças na cor da pele, impedindo que o rosto tenha uma coloração homogênea e estética. No caso da face, o tratamento pode ser realizado pelo Dermatologista ou pelo Cirurgião Vascular e o tratamento é realizado sempre com Laser, sendo uma técnica consagrada mundialmente.

Escleroterapia com Laser (Aplicação com Laser).

Já no caso das pernas, o tratamento mais utilizado para microvarizes é a escleroterapia com glicose hipertônica. A glicose é um esclerosante de potência média e para melhorar os resultados atualmente utilizamos a associação da glicose com o Laser Transdérmico. O disparo do laser sobre os vasinhos atua potencializando o efeito da escleroterapia com glicose. Nesta técnica, o laser é aplicado sobre a pele, sem agulha.

Tratamento de Varizes com Laser.

Porém, quando a veia já está muito dilatada é necessária a cirurgia para sua remoção. A cirurgia convencional de varizes consiste em retirada das varizes através de microincisões na pele. A veia safena, em alguns casos, tem indicação de ser tratada. Este tratamento pode ser de forma convencional (extração da veia safena através de incisões na pele) ou pode ser tratada por técnica com Laser Endovenoso (Cirurgia a Laser). Nesta técnica, uma fibra laser é introduzida na veia, tratando-a sem a necessidade de sua extração. Esta técnica permite uma recuperação mais rápida, menor dor no período pós-operatório e um mínimo de incisões. Por este motivo, esta é a técnica mais recomendada nos consensos internacionais atuais.

Escleroterapia com Espuma Densa Ecoguiada.

Consiste na injeção de um medicamento na forma de espuma na veia doente, provocando seu fechamento sem a necessidade de sua retirada. Este tratamento é pouco invasivo, sem cortes e não necessita de internação, com retorno mais rápido ao trabalho.

Qual o melhor Tratamento?

Não existe um método único para todos os tipos de varizes. O que existe é o melhor método indicado para cada paciente. Hoje, a tendência mundial é a associação dos diversos métodos disponíveis. O melhor é que o médico conheça todas as técnicas para indicar e decidir com o paciente qual a mais adequada para o seu caso.

Ver perfil

Matéria Por

Alex Kanomata

Cirurgia Vascular

CRM/MS 5621 | Campo Grande

Ver perfil

Matéria Por

Fabrício Savegnago

Cirurgia Vascular

CRM/MS 6231 | RQE 3915 | Campo Grande

Deixar Comentário