OFTALMOLOGIA

Cirurgia Facorrefrativa

A cirurgia FACORREFRATIVA pode ser realizada após os 45 anos e as principais indicações são as grandes ametropias e presbiopia associadas a catarata.

O grande avanço tecnológico que vem ocorrendo nos últimos anos permitiu uma grande melhora das técnicas cirúrgicas e dos aparelhos utilizados na oftalmologia. Isso, associado ao avanço das lentes intraoculares e os novos métodos propedêuticos pré e peroperatórios disponíveis, fez com que oos resultados cirúrgicos, que já eram muito bons, ficassem ainda melhores.

Fator que permite correções cada vez mais precisas de miopia, hipermetropia e presbiopia (vista cansada).

O Globo ocular possui uma lente natural (intraocular) que se chama cristalino. Essa lente, com o avançar da idade, vai perdendo a transparência e a capacidade de acomodação. A substituição dessa lente natural (cristalino), por uma lente artificial com o foco adequado permitirá obter uma qualidade de visão muito melhor que com cirurgia corneal (refrativa) quando dentro dos padrões ideais de indicação e recuperação.

A cirurgia FACORREFRATIVA pode ser realizada após os 45 anos e as principais indicações são as grandes ametropias e presbiopia associadas a catarata.

O procedimento cirúrgico é realizado sem necessidade de internação, com anestesia local (colírio), com ultrassom (facoemulsificação), sem suturas (pontos), o que permite uma recuperação visual mais precoce e um retorno mais rápido do paciente para as suas atividades normais.

Sinta-se à vontade para tirar qualquer dúvida em relação à cirurgia.

Deixar Comentário

Outras MATÉRIAS