ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM PÉ E TORNOZELO

ESPECIAL CAPA

ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM PÉ E TORNOZELO

A Ortopedia e a Traumatologia Brasileira, nos últimos quarenta anos têm acompanhado uma tendência dos grandes centros de saúde mundial, que é a atenção especializada em cada segmento do sistema músculo esquelético, como coluna, ombro, quadril, joelho, pé e tornozelo, além das áreas como na Medicina esportiva e a traumatologia ortopédica. Este fenômeno foi acompanhado pelo avanço das técnicas cirúrgicas em cada segmento, da tecnologia, do advento de novos materiais ortopédicos e principalmente por uma exigência do paciente em querer ser tratado por um “especialista”.

Apesar de não ser considerada uma sub-especialidade pelo Conselho Federal de Medicina, existe hoje no Brasil um grande número de Ortopedistas, a maioria membros titulares da ABTPé (Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé e Tornozelo), que se dedicam quase que exclusivamente, ao tratamento das patologias que acometem este segmento, atendendo desde o recém-nascido até o idoso. As patologias que acometem o pé e o tornozelo podem ser divididas em grandes grupos, como as doenças inflamatórias, degenerativas, metabólicas, infecciosas, traumáticas e congênitas, cada uma com as suas características e com as suas diversas opções terapêuticas.

Algumas destas patologias já foram temas de matérias publicadas pelo nosso grupo em edições anteriores da Revista Saúde, como por exemplo as lesões ligamentares do tornozelo, as metatarsalgias (dores na porção anterior do pé), as deformidades do retropé, o Hálux valgus ou joanete, e muitas outras, por serem as mais frequentes dentro do nosso consultório. Dentro deste contexto e com a intenção de oferecer um atendimento diferenciado e de qualidade aos pacientes, é que resolvemos montar um serviço de atendimento voltado para as patologias do pé e tornozelo dentro do Hospital Viver de Ribeirão Preto.

Isto também está em sintonia com as novas tendências dos grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro, que é de ter o consultório médico dentro de um hospital podendo assim oferecer ao paciente toda segurança e a infraestrutura hospitalar. Além dos consultórios médicos, o Hospital Viver conta com um Centro Cirúrgico totalmente equipado, sala de recuperação anestésica com 7 leitos, sendo 2 semi-intensivos, laboratório, hotelaria diferenciada, atendimento humanizado e exames de imagem, o que além de ser muito mais cômodo para o paciente, pois realiza tudo no mesmo lugar, agiliza o atendimento ambulatorial, a realização do diagnóstico e o início do tratamento.

Em termos de complexidade, o Hospital Viver foi concebido inicialmente para ser um Hospital- dia. Atualmente nos permite realizar cirurgias de maior complexidade e internações mais prolongadas, como recentemente quando realizamos uma Artroplastia Total de Tornozelo, uma opção para tratamento das artroses graves do tornozelo, já consagrada nos países desenvolvidos e que tem ganhado cada vez mais expressão no nosso país. É esta busca constante por técnicas mais modernas, cirurgias minimamente invasivas,como as cirurgias percutâneas, e um atendimento integral do paciente e para o paciente, é que o nosso grupo tem se dedicado.

Tabela 1: Patologias mais frequentes que acometem os Pés e os Tornozelos

Patologias Degenerativas: Artrose do tornozelo, Lesão osteocondral do tálus Artroses do pé Pé plano valgo adquirido do adulto, Hálux valgus ou “joanete”, Dedos em garra Artrites reumáticas (pé reumatóide).

Patologias Inflamatórias: Fascíite plantar (talalgias), Tendinites (T de Aquiles e T. fibulares), Bursites, Calcaneodinia (dor no calcanhar), Artrites, Metatarsalgias (dor no ante-pé).

Patologias Metabólicas: Diabetes Mellitus (Pé diabético/Charcot) Gota (ácido úrico elevado).

Patologias Neurológicas: Neuroma de Morton, Pé cavo varo decorrente de distúrbio neurológico Pé caído (decorrente de lesão do nervo fibular póstraumático).

Patologias decorrentes de traumas: Lesões ligamentares do tornozelo ,Instabilidade crônica do tornozelo, Fraturas do tornozelo Fraturas do pilão tibial, Fratura do calcâneo, Fratura dos ossos do médio-pé, Fraturas dos metatarsos e dedos Rotura do tendão de Aquiles, Luxação dos Tendões fibulares, Sequelas de fraturas.

Patologias infecciosas: Úlceras plantares, Osteomilite pós-fratura, Osteomilites crônicas.

Doenças Congênitas e hereditárias: Pé plano valgo (pé chato) da criança, Encurtamento congênito do tendão de Aquiles, Polidactilias (muitos dedos).

 

Ver perfil

Matéria Por

ROGÉRIO BITAR

Ortopedia e Traumatologia

CRM/SP 94240 - TEOT 8407 | Ribeirão Preto

Ver perfil

Matéria Por

GUSTAVO MAXIMIANO

Ortopedia e Traumatologia

CRM/SP 134921 | RQE 50156 | Ribeirão Preto

Deixar Comentário