HPV = CÂNCER (do colo do útero, da vulva e do pênis)

VACINAÇÃO

HPV = CÂNCER (do colo do útero, da vulva e do pênis)

A vacina contra o HPV é a forma mais eficaz de prevenção contra o vírus do papiloma humano (human papiloma virus), responsável por provocar verrugas genitais e complicações como o câncer do colo do útero e outros tipos de cânceres. São conhecidos mais de 100 tipos de vírus do HPV, dos quais pelo menos 13 são cancerígenos. Existem três tipos disponíveis de vacinas desenvolvidas para prevenção contra os principais subtipos do vírus, sendo elas a vacina bivalente, quadrivalente e nonavalente. 

A vacina distribuída no Brasil é quadrivalente. Ela imuniza contra dois tipos do vírus do HPV considerados de alto risco, o 16 e 18, apontados como responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero, e contra os dois tipos de baixo risco responsáveis por 90% das verrugas genitais, o 6 e 11. A injeção é aplicada por via intramuscular, no braço, e está indicada para mulheres dos 9 anos aos 45 anos e homens dos 9 anos aos 26 anos.

Vale lembrar que o HPV é transmitido pelo contato direto com mucosas infectadas por meio de relação sexual e também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. Se seguido à risca, o esquema vacinal protege contra quatro subtipos desse vírus (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia. Por ser uma doença super silenciosa, a gigantesca maioria dos portadores não faz nem ideia que carrega o invasor dentro do corpo. Apenas 5% dos contaminados costumam sofrer efeitos diretos da ação do vírus, apresentando a formação de verrugas na região genital, na boca e na garganta.

Eventualmente, as mudanças são internas, como as lesões no colo do útero nas mulheres, detectáveis apenas em exames de laboratório — colposcopia e o Papanicolau são dois exemplos. O câncer do colo do útero é o segundo tipo de câncer mais frequente em mulheres que vivem em regiões menos desenvolvidas do mundo. Em 2012, foram 445 mil novos casos (84% dos novos casos no mundo). Em 2012, aproximadamente 270 mil mulheres morreram de câncer do colo do útero; mais de 85% dessas mortes ocorreram em países de baixa e média renda. O Brasil oferta a vacinação pelo PNI (Programa Nacional de Imunização) para adolescente e pessoas imunocomprometidas.

Ver perfil

Matéria Por

BRUNA HANL DE CARVALHO ABDO

Enfermagem

COREN 0126609 | Araçatuba

Deixar Comentário