MMP Capilar

CIRURGIA PLÁSTICA

MMP Capilar

MMP significa microinfiltração de medicamentos na pele. Esta técnica realiza a aplicação de medicamentos no couro cabeludo de forma uniforme nas áreas afetadas pela queda de cabelos, porém, pode ser utilizada em outras partes do corpo e para outras finalidades: tratamento de cicatrizes, estrias, envelhecimento de pele, manchas e câncer. O principal objetivo do MMP capilar é fortificar, engrossar os pelos “enfraquecidos” e deixá-los com volume e, consequetemente, cobrir as áreas antes expostas.

Sobre as outras técnicas, tem a vantagem de levar o princípio ativo do medicamento apenas no local desejado, evitando efeitos sistêmicos desnecessários. A exemplo deste, podemos descrever a finasterida via oral 1 mg, esse medicamento é usado como inibidor da 5 alfa redutase impedindo a conversão da testoterona em Di_hidrotestosterona, sendo este último por sua vez um dos principais coadjvantes da queda de cabelo em homens. Quando utilizamos a versão dele na técnica MMP e não a forma em comprimidos, deixamos de lado os possíveis efeitos colaterias da droga, tais como: diminuição do libido, disfunção erétil, diminuição do volume do ejaculado e diminuição do PSA.

A técnica MMP utiliza um aparelho de microagulhamento com movimentos de vai e vem, a penetração na pele vai de 1 a 1,5 mm de profundidade atingindo a derme. A absorção dos medicamentos é de forma lenta e a repetição é mensal. Utilizamos para analgesia anestesico tópico, para aqueles pacientes mais sensíveis à anestesia local e, em alguns casos, sedação consciente com óxido nitroso. Já nos primeiros 30 à 60 dias obtemos resultado no local e a quantidade de sessões vai depender da resposta do organismo que é individual e do estágio da evolução da queda capilar.

Ver perfil

Matéria Por

Alex Alves Pereira

Médico

CRM-PR 34704 | Arapongas

Deixar Comentário