Entenda a lesão mais comum do ombro: Lesão do manguito rotador

ORTOPEDIA

Entenda a lesão mais comum do ombro: Lesão do manguito rotador

O manguito rotador é um grupo de músculos e tendões que fazem parte da complexa articulação do ombro, mantendo-o em posição, permitindo movimentação livre dos braços numa enorme amplitude de movimento. Os 4 tendões que compõem o manguito rotador são: Supraespinhal (mais frequentemente lesionado), Infraespinhal, Subescapular e Redondo menor. Problemas ocorrem quando parte destas estruturas se tornam irritadas ou danificadas. Isso causa dor, fraqueza e limitação nos movimentos do ombro.

A dor pode ser intensa e muitas vezes piora quando você tenta dormir de lado. A lesão do manguito rotador ocorre mais freqüentemente em pessoas que repetidamente executam movimentos de elevação e/ou rotação dos braços, em atividades profissionais ou esportivas. Os melhores exemplos são os pintores, carpinteiros e esportistas de fim de semana. O risco de lesão do manguito rotador também aumenta com a idade. As lesões podem variar de um processo inflamatório até rupturas parciais ou completas de um ou mais músculos e tendões da região.

Em lesões menos graves, muitas pessoas podem se recuperar dos sintomas com tratamento fisioterápico. Às vezes, as rupturas do manguito rotador podem ocorrer como resultado de uma única lesão. Nessas circunstâncias, os cuidados devem ser prestados o mais rapidamente possível, para evitar que a lesão tenha progressão de tamanho. Rupturas extensas do manguito rotador podem exigir reparo cirúrgico, transferência de tendões alternativos ou até a completa substituição da articulação numa artroplastia de ombro.

Exercícios de fisioterapia podem ajudar a melhorar a dor e restaurar flexibilidade e força em pequenas lesões do manguito rotador, porém quando não se consegue uma melhora satisfatória, pode ser necessário tratamento cirúrgico. Muitos tipos diferentes de cirurgias estão disponíveis para lesões do manguito rotador. De acordo com a severidade da lesão avalia-se o reparo do tendão por artroscopia do ombro. Outras opções são o reparo aberto de tendão, a remoção de esporão ósseo, transferência de tendão e até artroplastia do ombro.

A artroscopia é o procedimento cirúrgico de eleição para tratamento destas lesões, através de câmera e pinças, por meio de pequenas incisões possibilitando ampla exploração de todas as lesões da articulação e estruturas ósseas adjacentes com mínima agressão aos tecidos. Frequentemente também é encontrado um esporão ósseo localizado no acrômio, próximo ao manguito rotador onde pode provocar uma lesão por “impacto” dos tendões no osso acromial, este excesso de osso pode ser removido e a parte danificada do tendão pode ser corrigida. Este método artroscópico pode diminuir a dor e tempo de recuperação pós-operatória.

Ver perfil

Matéria Por

Paulo C. Beletato

Ortopedia e Traumatologia

CRM/PR 17.267 | RQE 10447 | Arapongas

Deixar Comentário